Guiame

Êxodo 30

1E farás um altar para queimar o incenso; de madeira de acácia o farás.

2O seu comprimento será de um côvado, e a sua largura de um côvado; será quadrado, e dois côvados a sua altura; dele mesmo serão as suas pontas.

3E com ouro puro o forrarás, o seu teto, e as suas paredes ao redor, e as suas pontas; e lhe farás uma coroa de ouro ao redor.

4Também lhe farás duas argolas de ouro debaixo da sua coroa; nos dois cantos as farás, de ambos os lados; e serão para lugares dos varais, com que será levado.

5E os varais farás de madeira de acácia, e os forrarás com ouro.

6E o porás diante do véu que está diante da arca do testemunho, diante do propiciatório, que está sobre o testemunho, onde me ajuntarei contigo.

7E Arão sobre ele queimará o incenso das especiarias; cada manhã, quando puser em ordem as lâmpadas, o queimará.

8E, acendendo Arão as lâmpadas à tarde, o queimará; este será incenso contínuo perante o Senhor pelas vossas gerações.

9Não oferecereis sobre ele incenso estranho, nem holocausto, nem oferta; nem tampouco derramareis sobre ele libações.

10E uma vez no ano Arão fará expiação sobre as suas pontas com o sangue do sacrifício das expiações; uma vez no ano fará expiação sobre ele pelas vossas gerações; santíssimo é ao Senhor.

11Falou mais o Senhor a Moisés dizendo:

12Quando fizeres a contagem dos filhos de Israel, conforme a sua soma, cada um deles dará ao Senhor o resgate da sua alma, quando os contares; para que não haja entre eles praga alguma, quando os contares.

13Todo aquele que passar pelo arrolamento dará isto: a metade de um siclo, segundo o siclo do santuário (este siclo é de vinte geras); a metade de um siclo é a oferta ao Senhor.

14Qualquer que passar pelo arrolamento, de vinte anos para cima, dará a oferta alçada ao Senhor.

15O rico não dará mais, e o pobre não dará menos da metade do siclo, quando derem a oferta alçada ao Senhor, para fazer expiação por vossas almas.

16E tomarás o dinheiro das expiações dos filhos de Israel, e o darás ao serviço da tenda da congregação; e será para memória aos filhos de Israel diante do Senhor, para fazer expiação por vossas almas.

17E falou o Senhor a Moisés, dizendo:

18Farás também uma pia de cobre com a sua base de cobre, para lavar; e a porás entre a tenda da congregação e o altar; e nela deitarás água.

19E Arão e seus filhos nela lavarão as suas mãos e os seus pés.

20Quando entrarem na tenda da congregação, lavar-se-ão com água, para que não morram, ou quando se chegarem ao altar para ministrar, para acender a oferta queimada ao Senhor.

21Lavarão, pois, as suas mãos e os seus pés, para que não morram; e isto lhes será por estatuto perpétuo a ele e à sua descendência nas suas gerações.

22Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo:

23Tu, pois, toma para ti das principais especiarias, da mais pura mirra quinhentos siclos, e de canela aromática a metade, a saber, duzentos e cinqüenta siclos, e de cálamo aromático duzentos e cinqüenta siclos,

24E de cássia quinhentos siclos, segundo o siclo do santuário, e de azeite de oliveiras um him.

25E disto farás o azeite da santa unção, o perfume composto segundo a obra do perfumista: este será o azeite da santa unção.

26E com ele ungirás a tenda da congregação, e a arca do testemunho,

27E a mesa com todos os seus utensílios, e o candelabro com os seus utensílios, e o altar do incenso.

28E o altar do holocausto com todos os seus utensílios, e a pia com a sua base.

29Assim santificarás estas coisas, para que sejam santíssimas; tudo o que tocar nelas será santo.

30Também ungirás a Arão e seus filhos, e os santificarás para me administrarem o sacerdócio.

31E falarás aos filhos de Israel, dizendo: Este me será o azeite da santa unção nas vossas gerações.

32Não se ungirá com ele a carne do homem, nem fareis outro de semelhante composição; santo é, e será santo para vós.

33O homem que compuser um perfume como este, ou dele puser sobre um estranho, será extirpado do seu povo.

34Disse mais o Senhor a Moisés: Toma especiarias aromáticas, estoraque, e onicha, e gálbano; estas especiarias aromáticas e o incenso puro, em igual proporção;

35E disto farás incenso, um perfume segundo a arte do perfumista, temperado, puro e santo;

36E uma parte dele moerás, e porás diante do testemunho, na tenda da congregação, onde eu virei a ti; coisa santíssima vos será.

37Porém o incenso que fareis conforme essa composição, não o fareis para vós mesmos; santo será para o Senhor.

38O homem que fizer tal como este para cheirar, será extirpado do seu povo.