William Wood ensina como identificar as formas que o inimigo ataca o cristão

O evangelista mostrou como Satanás investe contra o ser humano e quais são as armas espirituais dadas por Deus a nós para essa batalha.

Fonte: Guiame, Cássia de OliveiraAtualizado: sábado, 9 de outubro de 2021 21:13
William Wood durante ministração na Voz dos Apóstolos 2021. (Foto: Marcos Paulo Correa/Guiame).
William Wood durante ministração na Voz dos Apóstolos 2021. (Foto: Marcos Paulo Correa/Guiame).

O evangelista americano William Wood ensinou como identificar de que maneira o inimigo ataca o cristão, durante uma de suas ministrações na conferência “Voz dos Apóstolos 2021”, neste sábado (9).

Wood mostrou que a queda do homem em Gênesis 3 revela como Satanás trabalha contra nós. Quando o inimigo investiu contra Adão e Eva no Jardim do Éden, o ser humano era perfeito, criado à imagem de Deus e sem tendência para pecar. Até então, a única voz que ouviam era a do Senhor.

Ao ser enganado pelo diabo, o homem peca e sua comunhão com Deus é quebrada.  “Jesus veio para restaurar a imagem de Deus que você foi chamado para carregar”, pregou William.

De acordo com o evangelista, há duas armas que o Diabo possui contra nós desde o Éden: o engano e a tentação. 

O engano é a falta de conhecimento, é estar em um estado de ignorância das verdades do Evangelho. “A ignorância dá lugar para a voz do mal. E Satanás quer substituir a voz de Deus com a sua própria voz, ao subestimar a Palavra de Deus sobre sua vida”, disse.

Por isso,a arma que o Senhor nos deu para lutar a batalha contra o mal é a verdade, ou seja, a Palavra de Deus, que segundo Efésios 6 é a espada da verdade. “Se eu não tenho a verdade da Palavra, eu luto contra Satanás desarmado. Isso me coloca em uma posição de derrota”, explicou Wood.


William Wood durante ministração na Voz dos Apóstolos 2021. (Foto: Marcos Paulo Correa/Guiame).

A segunda arma que o inimigo usa contra nós é a tentação. William observou que antes da queda, Adão e Eva não tinham uma natureza pecaminosa. “Então como Satanás fez com que eles pecassem?”, perguntou. Segundo o líder, foi através de uma projeção de sua própria natureza pecaminosa e seus desejos sobre eles.

“Assim que você sabe quando o inimigo está tentando você, é um desejo contrário à natureza de Deus. É assim que ele te ataca,  projetando seus desejos em você”, afirmou.

Mas, William Wood ponderou: “Satanás só tem poder sobre sua vida quando você concorda com ele. Você tem uma arma de guerra, que é a Palavra de Deus. Você pode usar essa arma para destruir essas tentações e rejeitar esses desejos”.

O evangelista comparou Satanás com um ilusionista; ele é um especialista em criar ambientes falsos, para nos enganar e nos fazer acreditar numa ilusão. “Satanás criou uma agenda para capturar sua imaginação. A imaginação é os olhos de sua fé. Uma imaginação capturada é um destino redefinido. O inimigo está buscando sua imaginação para definir o seu destino. Ele faz isso trazendo uma narrativa falsa, esperando que você acredite nele”, esclareceu.

Por isso, segundo Wood, é importante o cristão ter as Escrituras dentro de si para identificar as mentiras do inimigo, porque a verdade expõe a mentira. “Você pode estar tão cheio da verdade, que Satanás não vai nunca mais falar com você”, declarou o conferencista.

A mente é um campo de batalha do Diabo, de acordo com Wood, mas o evangelista dá uma boa notícia:  “A Palavra de Deus é uma arma para destruir as fortalezas. Tudo o que temos que fazer é simplesmente estar na Palavra, declarar o que a Bíblia diz e falar a voz do inimigo ‘cala-te e saia’”.

 

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame