Campanha 40 Dias pela Vida comemora 20.000 bebês salvos do aborto

O presidente da organização ppró-vida, Shawn Carney, fez o anúncio em um vídeo postado no YouTube.

Fonte: Guiame, com informações da CBN NewsAtualizado: terça-feira, 30 de novembro de 2021 18:01
40 Dias pela Vida comemora nascimentos de bebês que seriam abortados.  (Foto: YouTube / 40 Days for Life)
40 Dias pela Vida comemora nascimentos de bebês que seriam abortados. (Foto: YouTube / 40 Days for Life)

A campanha pró-vida “40 Dias pela Vida” compartilhou um marco importante em 19 de novembro ao anunciar que 20.000 bebês foram resgatados do aborto desde 2007.

A organização se esforça para acabar com o aborto trazendo unidade ao espírito e corpo de Cristo por meio de oração e jejum, evangelismo comunitário e vigílias pacíficas em frente às empresas de aborto.

O presidente e CEO da 40 Days for Life, Shawn Carney, fez o anúncio em um vídeo postado no YouTube.

"Não há absolutamente nada como ter uma mãe, a quem você ajudou a fugir, entregar-lhe aquele menino ou menina que está vivo hoje ... que estava tão perto de se tornar um dos 56 milhões que morrem todos os anos em todo o mundo", disse Carney no vídeo.

"Tão perto de se tornar uma estatística, mas agora, eles têm um nome e vão para o jardim de infância e vão jogar t-ball. Eles vão fazer todas as grandes coisas que as crianças deveriam fazer", declarou.

Os destaques do relatório de campanha do outono de 2021 do grupo são que seis pares de gêmeos e seu primeiro conjunto de trigêmeos foram salvos do aborto. Três trabalhadoras de aborto desistiram e várias clínicas de aborto fecharam. 

O site do 40 Dias pela Vida informa que 20.368 bebês foram salvos nos últimos 14 anos, 229 trabalhadores em clínicas de aborto optaram por deixar a indústria, e 114 instalações de aborto fecharam.

Voluntários pela vida

Dan Miller, que trabalha nos grupos do distrito de Milwaukee, agradeceu a todos os voluntários por seu esforço incansável para acabar com o aborto.

"Vinte mil bebês estão vivos hoje por sua causa", declarou Miller. "Você foi para as calçadas, você se importou, você orou. Deus tem um plano para essas crianças e você fez parte do plano de Deus."

E o testemunho de um participante da vigília chamado Hugo foi compartilhado como um poderoso lembrete de que Deus nos cura e nos dá esperança.

Hugo estava orando fora de uma instituição de aborto na Cidade do México quando foi abordado por um homem que estava pensando em suicídio depois de saber que sua ex-namorada havia acabado de abortar seu bebê.

O homem perturbado foi dominado pela dor, recorrendo a tirar a própria vida como um meio de lidar com a dor. Depois de muita discussão e oração, o homem reconsiderou, dizendo a Hugo: "Você salvou minha vida".

Siga-nos

Mais do Guiame