Tempo de tolos e sábios

A história está sendo escrita e estamos testemunhando seu desenrolar bem diante de nossos olhos.

Fonte: Guiame, Edmilson Ferreira MendesAtualizado: quinta-feira, 26 de agosto de 2021 17:55
(Foto: Canva)
(Foto: Canva)

Já passei pelos diversos estágios e ciclos escolares. Em todos encontrei os dois tipos, gente tola e gente sábia. Impressiona o fato de que desde idades novas até idades mais avançadas, os dois comportamentos se revelam sem qualquer cerimônia.

Dos ambientes escolares, incluindo aí a faculdade, existe uma escola que jamais deveria ser desprezada, no entanto milhares têm deixado ela passar sem a devida e merecida atenção, estou falando da escola da vida, essa que todo dia ensina.

Reflita por um instante sobre tudo o que está acontecendo, pense no volume e na rapidez dos eventos, nas consequências e transformações que estão virando o mundo de ponta cabeça, definitivamente não é pouca coisa. A história está sendo escrita e estamos testemunhando seu desenrolar bem diante de nossos olhos.

Qual deveria ser nossa atitude? No mínimo deveríamos prestar atenção, buscar informações seguras, ouvirmos visões diferentes, sanarmos dúvidas, ponderarmos, avaliarmos, procurarmos entender o contexto maior, o jogo de interesses, enfim, deveríamos explorar ao máximo cada fato e acontecimento a fim de extrairmos aprendizado para nossa formação, instrução, cultura e desenvolvimento.

Infelizmente não é o que a maioria faz. Por preguiça, alienação ou sei lá o quê, muitos embarcam nas filosofias vazias que embalam o imaginário: “deixa a vida me levar, vida leva eu”. Não escolher aprender com a vida, em si, já é uma escolha. E é uma escolha que na verdade aponta para o desprezo por aprender, desprezo pelas lições duras que estamos testemunhando como humanidade.

O desprezo leva ao distanciamento de Deus, onde se perde o temor pelas revelações, profecias, vontade e Palavra do Eterno. É justamente aqui que se situa o sábio, pois foi exatamente um sábio das escrituras hebraicas que afirmou: “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria.”

Num mundo em forte ebulição como o nosso, abandonar o temor ao Senhor é loucura, é tolice. Pois é o Senhor quem comanda a história e continua no controle de tudo. Apenas nEle encontraremos refúgio em tempos tão perigosos como os atuais. Provérbios 1:7 define muito bem quem é o sábio, quem é o tolo. “Para ser sábio, é preciso primeiro temer a Deus, o Senhor. Os tolos desprezam a sabedoria e não querem aprender.”

Desprezar a sabedoria que vem do Pai é estacionar numa vida infrutífera. Temer a Deus é abrir-se para o crescimento em todas as áreas da vida. Este é um tempo de tolos e sábios. Tolos dirão que tal provérbio não tem nada a ver, uma vez que está num livro milenar e ultrapassado. Sábios seguirão temendo ao Senhor, porque sabem em quem creem, de onde vieram e para aonde estão indo, enfim, vivem com propósito para glória de Deus, independente das tolas confusões e ameaças que o mundo tenta a todos enganar, apavorar e iludir. Ou seja, a última palavra da história, os humildes, anônimos e desprezados sábios sabem, pertence somente a Deus.

Edmilson Ferreira Mendes é escritor, pastor, teólogo, observador da vida.

* O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Pais à procura de socorro

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame