MENU

Em qualquer circunstância, o socorro sempre vem de Deus!

Infelizmente, muitas vezes, preferimos ouvir conselhos que não nos farão bem.

fonte: Guiame, Darci Lourenção

Atualizado: Sexta-feira, 7 Fevereiro de 2020 as 1:22

(Foto: Pexels)
(Foto: Pexels)

Quero falar hoje sobre a direção em que nossos olhos precisam estar postos, não só durante os problemas da vida, mas nos desafios, nas conquistas e sempre que sentirmos o desejo ou a necessidade de estar com alguém.

Mas que direção é essa? Já vou te adiantar que é a única onde não encontramos obstáculo algum. É aquele que todos, sem distinção podem colocar seus olhos, sejam físicos ou espirituais. É de onde sempre haverá uma resposta, que pode ser: “sim”, “não”, “espere”.

Já tem uma pista dessa direção? Então, vamos lá! Trata-se o céu. No Salmo 121 o escritor diz: “Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro.” Veja que ele não questiona a decisão a ser tomada; ele apenas está convicto de que é do céu, do alto que vem o socorro para a sua vida!

Você já ficou sozinho enfrentando uma situação sem que ninguém pudesse ajudá-lo? Certamente que sim. Todos nós já passamos por isso. Mas tem uma situação ainda pior: é quando estamos acompanhados e mesmo assim estamos sozinhos, sem ninguém para nos “socorrer”.

Jesus é o maior psicólogo que existe. Ele nos conhece profundamente, mais que nós mesmos (Sl 129). Agora, melhor ainda, Ele muda os ventos. O que isso significa? Que Ele transforma as nossas angústias, em refrigério (Sl 23). Ele tira o nosso luto e dor e os converte em alegria (Is 61). Ele transforma o impossível em possível (Lc 1:37). Ele até transforma o morto em vivo! (Jo 11:25).

As nossas dores emocionais são interpretadas por Ele e solucionadas (Jo 4:18,19). As nossas enfermidades físicas são curadas por Ele (Mc 5:34). Os nossos pecados são perdoados por Ele (Jo 8:11). Eu poderia desfilar uma infinidade de situações em que Jesus poderia interferir na sua vida, se você pedisse a Ele.

Infelizmente, muitas vezes, preferimos ouvir conselhos que não nos farão bem. Ao invés de olhar para o Céu, preferimos olhar para as impossibilidades da Terra.

Quando saiu do Egito, onde ficou por 400 anos como escravo, o povo de Israel estava acompanhado de muitos outros povos. Gente que não acreditava como eles; pessoas que não tinham relacionamento com Deus como eles; pessoas sob a influência de “deuses” e de “jezabeis”; incrédulos, aproveitadores, oportunistas...

Precisamos identificar esse tipo de companhia em nossa vida. Ainda que elas tenham que continuar ao nosso lado – como foi o caso dos diversos povos que andaram com os hebreus –, não devemos ouvi-los em seus conselhos errados, nem abrir o nosso coração a eles. Tome cuidado com isso. Existem muitas influências malignas ávidas para tirar os nossos olhos do Céu; prontas para roubar nosso presente e nossa eternidade na presença de Deus.

Posso te dizer que, se você colocar os seus olhos “nos montes”, o socorro do Senhor te alcançará. Deus te mostrará quem é quem na sua vida. Ele te conduzirá para decisões corretas. Ele te sustentará enquanto o que você precisa ainda não estiver concretizado. Ele é fiel, creia!

O que precisamos entender é que o nosso socorro vem do Senhor que fez a terra e os céus, e que também te fez “filho” e “filha” (Jo 1:12).

Lembre-se: o Pai ama você!

Por Darci Lourenção, psicóloga, pastora, coach, escritora e conferencista. Foi Deã e Professora de Aconselhamento Cristão. Autora dos livros “Na intimidade há cura”, “A equação do amor” e “Viva sem compulsão”.

* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Toda planta que o Pai não plantou será arrancada

veja também