Cantores gospel se unem na música “Esperança”, uma criação coletiva para os dias atuais

Em uma declaração de fé para o fim do ano, a música inédita traz uma mensagem de expectativa de dias melhores.

Fonte: Guiame Atualizado: sexta-feira, 3 de dezembro de 2021 18:07
O novo single foi composto e interpretado pelo cast da UMCG. (Foto: Universal Music Christian Group).
O novo single foi composto e interpretado pelo cast da UMCG. (Foto: Universal Music Christian Group).

A Universal Music Christian Group (UMCG) lançou, nesta sexta-feira (3), a canção e o clipe “Esperança”, interpretada pelo cast da gravadora. Além de interpretarem, os artistas compuseram juntos o single inédito, com a produção musical de Johnny Essi.

O projeto reuniu os grandes talentos da UMCG: Eli Soares, Gabriela Gomes, Israel Salazar, Kauê Penna, o rapper Felipe Vilela, além das bandas Preto no Branco, Trilo, Pedras Vivas e IMAFE Music.

Para escrever a música, os cantores se encontraram no final de outubro, numa casa em São Paulo, onde também foi gravado a canção e o videoclipe. 

Servindo como uma declaração de fé para o fim do ano, a canção “Esperança” foi criada com o intuito de trazer uma mensagem de paz, de alegria e expectativa por dias melhores para o próximo ano, como dizem os versos “Quem disse que acabou? / Que a esperança morreu?”.

“Esperança”: um hino para o pós-pandemia

Durante coletiva de imprensa realizada pela UMCG nesta quarta-feira (1), o rapper cristão Felipe Vilela disse ao Guiame que espera que “Esperança” se torne uma das canções do pós-pandemia.

“‘Esperança’ é uma canção necessária para o tempo em que estamos vivendo, para ajudar a curar a dor de todo mundo. Para dar uma perspectiva menos caótica da que vivemos nesses últimos dois anos”, declarou o cantor.

“O desejo que temos de ver a música se espalhar é muito mais missional. A esperança é algo muito sério, ela move tudo. O entusiasmo e uma expectativa melhor contribuem com o desenvolvimento de tudo, desde a economia do país”.

Fadi, do grupo “Preto no Branco” complementou: “A esperança tem um nome: Jesus. Então, sempre temos para onde ir, para onde olhar. Independente do caos e da crise que passamos, conseguimos olhar para trás e falar ‘Ele me tirou desse lugar’. E assim foi a pandemia, esperamos olhar para trás em 2022 e dizer que passou”.

Assista ao clipe de “Esperança”:



Siga-nos

Mais do Guiame