‘Deus me deu uma nova chance para falar do Evangelho’, diz ex-jogador curado de Covid-19

Hélio Ferreira, conhecido como Carneiro, falou que recebeu uma nova chance de viver e que vai usá-la para falar do Evangelho.

Fonte: Guiame, com informações do GEAtualizado: quarta-feira, 24 de novembro de 2021 13:04
Hélio no momento que tocou o 'Sino da Felicidade'. (Foto: Instituto Social Mais Saúde)
Hélio no momento que tocou o 'Sino da Felicidade'. (Foto: Instituto Social Mais Saúde)

O ex-jogador de futebol, Hélio Ferreira Melo, de 60 anos, conhecido no futebol como Carneiro, entrou para a estatísticas de pacientes curados da Covid-19.

Hélio atuava como meia e já jogou no futebol santareno pelo São Raimundo e pelo Norte Clube na década de 80. Ele contou que recebeu uma nova chance de viver.

“Deus me deu uma nova chance de viver e para falar do Evangelho. Cada um de nós tem uma missão nesta terra e é isso que eu sempre falo, vamos nos entregar a Jesus porque Ele nos salva”, contou Hélio.

Emocionado, o ex-atleta também disse sentir arrependimento por não ter tomado as vacinas contra a doença.

“Eu me arrependo de não ter tomado a vacina, e eu peço a todo mundo que tome as vacinas, mesmo tendo sido feitas de forma emergencial, mesmo tendo sido feitas de forma rápida, mas tome a vacina que elas são muito importantes para a saúde”, disse Hélio.

Sino da Felicidade

Hélio mora atualmente em Alenquer com a família e deixou a UPA nesta terça-feira (23) com o badalar do Sino da Felicidade.

O projeto é desenvolvido pelos funcionários da unidade, proporcionando aos pacientes um tratamento humanizado.

Os pacientes tocam ao sair simbolizando a vitória de voltar ao lar e também motiva os pacientes internados, que ao ouvir o som do sino se sentem felizes e na expectativa de chegar o dia da alta.

Siga-nos

Mais do Guiame