Sara Nemer recebe alta após 7 meses de internação por Covid-19: “Milagre do Senhor”

A mãe de Jonathan e Rebeca Nemer sobreviveu a três situações graves durante sua internação, contrariando o diagnóstico médico.

Fonte: Guiame, Cássia de OliveiraAtualizado: sexta-feira, 29 de outubro de 2021 14:06
Sara Nemer recebeu alta do hospital nesta sexta-feira (29). (Foto: Reprodução/Instagram).
Sara Nemer recebeu alta do hospital nesta sexta-feira (29). (Foto: Reprodução/Instagram).

Na manhã desta sexta-feira (29), Sara Nemer, mãe do humorista Jonathan Nemer e da cantora Rebeca Nemer, recebeu alta do hospital em São Paulo, após 7 meses de internação em decorrência da Covid-19. Nos últimos meses, depois de ser curada do coronavírus, Sara seguia internada para a reabilitação motora e respiratória. 

Depois de meses em campanha de oração com o lema #saipraforaSara, Sara Nemer foi recepcionada por familiares, amigos e equipe médica na saída do hospital, numa emocionante homenagem com louvores e fogos de artifício.

Na ocasião, Jonathan Nemer, muito emocionado, agradeceu a equipe médica e glorificou o nome do Senhor pelo milagre recebido. “Quero agradecer a Deus primeiramente. Foi muito difícil, teve três situações que achamos que ela não fosse voltar. Muita gente falava: 'Tua mãe é muito forte!’. E ela não é forte, ela é sedentária, come mal. Mas o Deus que ela serve é forte”, disse.

E o humorista finalizou: “Eu creio que em breve ela estará andando, em nome de Jesus, e que os melhores anos da vida dela ainda estão por vir”.

Rebeca Nemer testemunhou a intervenção sobrenatural de Deus no quadro de saúde da mãe. “Em três ocasiões nós chegamos ao fundo do poço, onde só Deus podia nos resgatar”, revelou. 

A primeira situação foi quando Sara foi contaminada com uma bactéria multirresistente. A segunda foi quando ela apresentou falência pulmonar e os médicos chamaram a família para se despedir. A última ocasião em que Deus operou um milagre foi quando os médicos disseram que não havia mais nada a ser feito e que Sara viveria ligada numa máquina, a não ser que fizesse um transplante de pulmão para ter uma qualidade de vida melhor.

Entretanto, Sara sobreviveu a todos os diagnósticos graves e se recuperou. “Foram as mãos do Senhor, porque os médicos falaram que não podiam explicar cientificamente o que aconteceu. Hoje, a mama está aqui pelo milagre do Senhor”, testemunhou Rebeca.

A cantora também agradeceu aos profissionais de saúde que auxiliaram na reabilitação de sua mãe. Ao final da homenagem, o grupo reunido cantou hinos em louvor e agradecimento a Deus. “Por vezes, nós nos reunimos pessoas, clamando a Deus por um milagre e hoje nós reunimos pessoas, agradecendo a Deus por esse milagre”, celebrou Rebeca.

Histórico

Sara Nemer foi internada com Covid-19 no Hospital Unimar no dia 9 de abril e dois dias depois precisou ser transferida para a UTI, após desenvolver pneumonia. Os filhos, Jonathan e Rebeca, pediram orações nas redes sociais e uma grande corrente de oração se formou por Sara em todo o Brasil.

No dia 13 de abril, Jonathan Nemer afirmou nos stories de sua conta no Instagram que o quadro clínico da mãe estava estável e que não foi preciso intubá-la. Porém, no dia 16 de abril, a situação se agravou e Sara precisou ser intubada. Na ocasião, Jonathan declarou que tinha escolhido confiar ao invés de se desesperar, em vídeo no seu canal no YouTube.

Em 15 de maio, Jonathan informou que a mãe havia contraído uma superbactéria na UTI e que, segundo os médicos, ela teria 72h para responder ao tratamento com antibióticos. Passados alguns dias, Sara respondeu a medicação e a infecção foi controlada.

Mas, no dia 21 de maio, seu pulmão teve um grave comprometimento e sua saturação de oxigênio ficou muito baixa. A equipe médica informou a família que o quadro de Sara era irreversível. 

Apesar das diversas complicações no seu quadro, Sara passou a apresentar melhoras. O pulmão, o coração e os rins, que foram comprometidos pelo agravamento da Covid-19, foram recuperados. 

Livre da infecção por coronavírus, no dia 21 de julho, ela recebeu alta da UTI e foi transferida para a enfermaria, aos 104 dias de internação. Então, Sara iniciou um longo período de reabilitação motora e respiratória.

 

Siga-nos

Mais do Guiame