Generosidade: o que a Bíblia ensina

Dentre todos os princípios que temos aprendido, o que mais salta aos olhos é o da generosidade.

Fonte: Guiame, Paulo de TarsoAtualizado: quarta-feira, 26 de maio de 2021 16:23
(Foto: Canva)
(Foto: Canva)

Talvez você seja uma pessoa hábil em ganhar dinheiro. Ou talvez tenha facilidade de poupar. Há muitas habilidades naturais que aplicamos em nossa gestão financeira. A Pala­vra de Deus dá o equilíbrio necessário a todas elas, mas aqui quero mais uma vez enfatizar a generosidade porque ela se inicia em Deus. E, se vem de Deus, é tudo de bom para você e sua família.

O capítulo 7 do livro de Números vai encher você de entu­siasmo para ser um doador ainda mais generoso, e eu gostaria de chamar aqui a sua atenção para o fato de que, logo após a chamada Bênção Sacerdotal, no finalzinho do capítulo 6, Deus abençoa os israelitas. Então se inicia o capítulo 7, que é totalmente dedicado a falar sobre as ofertas que os líderes das tribos de Israel levaram para a dedicação do tabernáculo.

Como você deve saber, o tabernáculo era uma espécie de local de culto e adoração. Então, como é que se faz e como se mantém esse tipo de estrutura física e de pessoas? Por meio de dízimos e ofertas de corações e mentes generosos.

E aí eu pergunto: Como está a sua generosidade? Você tem se preocupado mais em receber ou em dar? Lembre-se de que para Deus há maior felicidade em dar do que em rece­ber. E é isso que ele deseja para sua vida financeira.

Aqui os líderes de Israel trouxeram ofertas especiais para a dedica­ção do tabernáculo. Veja o que diz o texto: Então os chefes dos grupos de famílias, que eram líderes do povo de Israel, os mesmos homens que estavam cuidando da contagem do povo, trouxeram as suas ofertas a Deus, O Senhor, isto é, seis car­roças cobertas e doze bois. Cada dois chefes ofereceram uma carroça, e cada um deles, um boi, e puseram tudo na frente da Tenda. O Senhor disse a Moisés: “Receba as carroças e os bois a fim de serem usados para o serviço da Tenda e dê essas ofertas aos levitas, a cada um de acordo com o serviço que faz (Números 7.2-5).

Este é apenas o início de um longo capítulo, na verdade o capítulo mais longo deste livro, e que expressa toda a generosidade dos líderes de cada tribo de Israel.

Agora, se os líderes ofertaram, está claro que as outras pessoas tam­bém o fizeram, porque os líderes dão o exemplo. E todas as outras pessoas devem seguir esse exemplo de generosidade.

E você, tem tido um coração aberto para as necessidades de sua igreja local? Certamente há várias necessidades nela. Então seja o primeiro a identificar essas necessidades e a colocar seus recursos financeiros à disposição para atender a cada uma delas. Não esqueça que para Deus as pessoas são mais importantes que as coisas.

Note por isso o que Deus disse a Moisés. Ele instruiu a entregar as ofertas aos levitas conforme exigir o trabalho de cada homem. Você tem sido sensível às necessidades das pessoas que estão diretamente envolvidas no ministério cristão?

Conclusão: A generosidade é um princípio maravi­lhoso da Palavra de Deus. Faça uma lista de necessidades em sua igreja local e ore a Deus para que você tenha o discernimento necessário para suprir uma parte dessas necessidades de forma objetiva. Coloque isso em seu plano de gastos, e pronto.

Por Paulo de Tarso, pastor, engenheiro e mestre em Teologia. Fundador do Ministério Finanças para a Vida, que ensina pessoas de todas as idades a administrar o dinheiro de acordo com a Bíblia. É autor dos livros “Sucesso Financeiro” e da série “Finanças em Ação”.

*O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Restituição

 

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame