A despedida de um guerreiro

Paulo foi um implantador de igrejas, um missionário, um defensor do cristianismo, um pai, um fazedor de discípulos.

Fonte: Guiame, Maurício GuedesAtualizado: quarta-feira, 20 de outubro de 2021 16:08
(Foto: Canva)
(Foto: Canva)

“Eu já estou sendo derramado como oferta de bebida. Está próximo o tempo da minha partida. Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda. Procure vir logo ao meu encontro, pois Demas, amando este mundo, abandonou-me e foi para Tessalônica. Crescente foi para a Galácia e Tito para a Dalmácia. Só Lucas está comigo. Traga Marcos com você, porque ele me é útil para o ministério. Enviei Tíquico a Éfeso. Quando você vier, traga a capa que deixei na casa de Carpo, em Trôade, e os meus livros, especialmente os pergaminhos. Alexandre, o ferreiro, causou-me muitos males. O Senhor lhe dará a retribuição pelo que fez. Previna-se contra ele, porque se opôs fortemente às nossas palavras. Na minha primeira defesa, ninguém apareceu para me apoiar; todos me abandonaram. Que isso não lhes seja cobrado. Mas o Senhor permaneceu ao meu lado e me deu forças, para que por mim a mensagem fosse plenamente proclamada e todos os gentios a ouvissem. E eu fui libertado da boca do leão. O Senhor me livrará de toda obra maligna e me levará a salvo para o seu Reino celestial. A ele seja a glória para todo o sempre. Amém.” 2 Timóteo 4:6-18 NVI

Não tenho dificuldade de atribuir ao apóstolo Paulo a alcunha de guerreiro da fé. É assim que o vejo e é assim que ele mesmo se vê, como um combatente.

Este guerreiro, depois que teve seu encontro com Cristo e passou a caminhar pela fé, pregando o evangelho, nos surpreende com seu fervor, sua dedicação, sua paixão, sua coragem.

Paulo era um homem autêntico! Ele era capaz de abrir seu coração e partilhar sua lutas íntimas. (O que quero fazer isso não faço; tenho desejo de partir, estive convosco em fraqueza, me glorio nas minhas fraquezas, etc.)

Paulo foi um implantador de igrejas, um missionário extraordinário, um defensor do cristianismo, um pai, um fazedor de discípulos. Ele também foi quem mais contribuiu com a escritura sagrada. Inspirado pelo Espírito Santo, nos deixou um legado ímpar.

Entre suas obras, estão as duas cartas a Timóteo. Entre suas cartas pessoais, Timóteo foi a pessoa para quem Paulo mais escreveu.

Timóteo era seu discípulo a quem ele tratava, carinhosamente, como filho amado.

Esse filho amado foi quem recebeu a carta onde consta aquilo que entendo como sendo a DESPEDIDA DE UM GUERREIRO!

Quero falar um pouco sobre essa despedida.

O capítulo 4 de 2ª Timóteo, é de uma riqueza tremenda e de uma sensibilidade ímpar. Senão vejamos:

  • Conselhos do guerreiro

- Nestes conselhos, entendemos que pode tombar um guerreiro, mas a obra continua com outros guerreiros. (Exemplo dos conselhos de meu sogro).

- Embora toda carta seja repleta de conselhos, iremos nos ater aos que constam no capítulo 4.

“Na presença de Deus e de Cristo Jesus, que há de julgar os vivos e os mortos por sua manifestação e por seu Reino, eu o exorto solenemente: Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina.” 2 Timóteo 4:1-2 NVI

- Paulo está dizendo que Timóteo deveria assumir com empenho a missão que lhe estava confiada. Deveria ser fidedigno nesta mesma missão.

“Você, porém, seja moderado em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério.” 2 Timóteo 4:5 NVI

- Paulo mostra que Timóteo estaria cercado de gente sem vida cristã séria, mas que ele deveria ser diferente.

Esta expressão "você porém, ou tu porém" é repetida várias vezes pelo apóstolo nesta carta. 3:10, 14; 4:5

- Paulo realça que Timóteo deveria viver e agir diferente dos pseudos-cristãos de seus dias.

  • Resumo de vida do guerreiro

“Eu já estou sendo derramado como oferta de bebida. Está próximo o tempo da minha partida. Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda.” 2 Timóteo 4:6-8 NVI

- Nestes versículos, Paulo faz um breve resumo de sua vida que nos serve de ensino para vivemos a nossa história de vida.

- Paulo diz que o prêmio final, está reservado para todos os que militarem com firmeza e terminarem com fidelidade.

- Qual seria o resumo da sua vida? O que você diria?

  • Desabafo do guerreiro

“Lucas, o médico amado, e Demas enviam saudações.” Colossenses 4:14 NVI

“Epafras, meu companheiro de prisão por causa de Cristo Jesus, envia saudações, assim como também Marcos, Aristarco, Demas e Lucas, meus cooperadores.” Filemom 1:23-24 NVI

De acordo com o texto acima, Demas andava com Paulo. De segunda vemos outra passagem onde Paulo se sente abandonado por seu amigo.

“Procure vir logo ao meu encontro, pois Demas, amando este mundo, abandonou-me e foi para Tessalônica. Crescente foi para a Galácia e Tito para a Dalmácia. Só Lucas está comigo. Traga Marcos com você, porque ele me é útil para o ministério. Enviei Tíquico a Éfeso. Quando você vier, traga a capa que deixei na casa de Carpo, em Trôade, e os meus livros, especialmente os pergaminhos. Alexandre, o ferreiro, causou-me muitos males. O Senhor lhe dará a retribuição pelo que fez. Previna-se contra ele, porque se opôs fortemente às nossas palavras.” 2 Timóteo 4:9-15 NVI

- Paulo desabafa com seu filho Timóteo o que estava acontecendo com ele naqueles últimos dias.

- Paulo estava precisando de um ombro amigo! "Vem depressa!"

- Todos nós precisamos de alguém que nos possa servir de ombro amigo.

- Não há mal nenhum em expressarmos sentimentos e  lutas. Demais viveu perto de Paulo e o abandonou, possivelmente quando este mais precisava.

  • O testemunho do guerreiro

“Na minha primeira defesa, ninguém apareceu para me apoiar; todos me abandonaram. Que isso não lhes seja cobrado. Mas o Senhor permaneceu ao meu lado e me deu forças, para que por mim a mensagem fosse plenamente proclamada e todos os gentios a ouvissem. E eu fui libertado da boca do leão. O Senhor me livrará de toda obra maligna e me levará a salvo para o seu Reino celestial. A ele seja a glória para todo o sempre. Amém.” 2 Timóteo 4:16-18 NVI

A vida cristã, do ponto de vista desse guerreiro, vale a pena!

No final da jornada, estará o Senhor te esperando de braços abertos e com a coroa que te está reservada.

Por Maurício Guedes, presidente da Igreja Presbiteriana Renovada de Portugal, Pastor na cidade de Almada – Portugal. Autor dos livros: “Geração Autêntica”, “Que Ele Cresça e Que eu Diminua” e “O Evangelho Que Pregamos”.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Quando a nossa vitória faz sentido?

Siga-nos

Mais do Guiame