Na calmaria ou na tempestade

O deserto ou o oásis nos ensinam, a vida é uma oportunidade diária de aprendizado.

Fonte: Guiame, Mariana MendesAtualizado: quinta-feira, 18 de novembro de 2021 17:58
(Foto: Claudia Wollesen / Pixabay)
(Foto: Claudia Wollesen / Pixabay)

Esses dias, assistindo ao culto da minha igreja, uma pessoa começou a falar sobre as tristezas e angústias que carregamos, sobre o peso que temos no nosso coração, pedindo e nos incentivando a entregar todas essas situações e dificuldades na mão do Pai. A fala foi linda, emocionante e comecei a me vasculhar, porque há anos estou acostumada a encontrar esse peso, essa dor, essa angústia dentro de mim. E sabe o que aconteceu? Não encontrei.

Procurei a angústia, procurei o peso, as tristezas acumuladas por situações complicadas da vida e nada, não as encontrei. Percebi que estou vivendo uma fase de calma e paz. Uma fase onde eu tenho tempo para sentar no sofá e cantar, ler, pensar. Já tinha muito tempo que eu não conseguia ficar as sós com meus pensamentos, e esses momentos de solitude, de descanso, levaram embora a angústia, as ansiedades, o peso enorme que eu vinha carregando.

Minha vida está perfeita? Longe disso. Então o que eu tô falando aqui? O que quero te passar é que a vida é feita de fases. Eu não sei quanto essa calmaria vai durar. Mas quando tudo estiver bem, quando você estiver bem, quando encontrar uma pequena fase de paz em meio ao deserto, aproveite. Agradeça a Deus a todo momento.

Apesar da revelação confortadora de estar vivendo essa fase, percebi um detalhe ao qual nunca havia me atentado antes. Durante a fase tranquila é fácil esquecer as rotinas da fé. É fácil esquecer de ler a bíblia, de orar, de conversar com Deus, de dedicar tempo a Ele. Quando o desespero vai embora, a ânsia de pedir ajuda também vai, e essa coisa de que tudo está bem pode nos enganar com uma sensação perigosa: a de autossuficiência. A gente se basta, não precisamos de mais nada.

O deserto ou o oásis nos ensinam, a vida é uma oportunidade diária de aprendizado. Você não acorda por sua capacidade, você acorda porque Deus permitiu. Você não continua respirando porque tem poder pra manter sua vida, você continua respirando porque é da vontade do Eterno que assim seja.

Na calmaria ou na tempestade, continue deixando Deus no comando, continue investindo em um relacionamento com ele, saiba viver e aproveitar o máximo de cada fase que vier. Deus tem sempre algo a te ensinar, Deus tem sempre um plano. A nós, basta abrirmos olhos e corações para receber a vontade do Criador.

Por Mariana Mendes, escritora e estudante de Letras. Trabalha com mídias sociais e fundou o canal EntreLinhas. Filha do Pai e filha de pastor. É apaixonada por ver a rotina com novos olhares.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Não era como eu pensava que seria

 

Siga-nos

Mais do Guiame