Lidando com o pecado

Esse é um assunto difícil, então a melhor forma de falarmos sobre ele é citando a Palavra de Deus.

Fonte: Guiame, Frank MedinaAtualizado: segunda-feira, 30 de setembro de 2019 15:44
(Foto: Crosswalk)
(Foto: Crosswalk)

"Vocês fazem parte do povo de Deus; portanto, qualquer tipo de imoralidade sexual, indecência ou cobiça não pode ser nem mesmo assunto de conversa entre vocês. Não usem palavras indecentes, nem digam coisas tolas ou sujas, pois isso não convém a vocês. Pelo contrário, digam palavras de gratidão a Deus. Fiquem certos disto: jamais receberá uma parte no Reino de Cristo e de Deus qualquer pessoa que seja imoral, indecente ou cobiçosa (pois a cobiça é um tipo de idolatria)." (NTLH - Efésios 5: 3-4)

Precisamos encontrar um equilíbrio quando falamos em pecado. Não podemos achar que tudo é pecado e também não podemos deixar de falar sobre pecado com medo de criar um clima ruim.

Esse é um assunto difícil, então a melhor forma de falarmos sobre ele é citando a Palavra de Deus, ela é o nosso “Manual do Frabricante”, todas as dúvidas devem ser sanadas nela.

Após ler o que o Ap. Paulo nos escreve em Efésios 5: 3-4, reflita sobre sua vida, a Palavra de Deus nos diz o seguinte:

"Porque o salário do pecado é a morte..." (Romanos 6: 23)

Deus te abençoe e a todos na sua família com uma ótima semana na presença dEle.

Um abraço do amigo,

Frank Medina.

Por Frank Medina, pastor consagrado, desde 2005, na Igreja Batista O Poder da Palavra, Bacharel em Teologia. Escritor de artigos cristãos/evangélicos desde 2001. Atualmente serve na Primeira Igreja Batista em Mogi das Cruzes (PIB Mogi).

*O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame