“Todo mover de Atos dos Apóstolos continua nos dias de hoje”, diz Carlito Paes

O pastor da Igreja da Cidade, que sedia a conferência “Voz dos Apóstolos 2021”, defendeu a atualidade dos dons espirituais.

Fonte: Guiame, Cássia de OliveiraAtualizado: quinta-feira, 7 de outubro de 2021 18:41
Pastor Carlito Paes durante ministração na Voz dos Apóstolos 2021. (Foto: Marcos Paulo Correa/Guiame).
Pastor Carlito Paes durante ministração na Voz dos Apóstolos 2021. (Foto: Marcos Paulo Correa/Guiame).

Carlito Paes, pastor sênior da Igreja da Cidade, que está sediando a conferência “Voz dos Apóstolos 2021” no Brasil, ministrou sobre a atualidade dos dons espirituais e a necessidade de destruir as fortalezas humanas que nos impede de crer na manifestação do Espírito Santo, nesta terça-feira (6).

O pastor introduziu observando que, para experimentar um movimento de avivamento, é preciso discernir espiritualmente entre tradição e tradicionalismo. “Alguém já sentenciou que a tradição é a fé viva dos que já morreram, mas o tradicionalismo é a fé morta dos que ainda vivem”, afirmou.

Paes defendeu que a manifestação do Espírito e os dons espirituais não cessaram na época dos Atos dos Apóstolos, mas que continuam em nossos dias. 

“Os dons ainda não acabaram, somos Atos 28. É a mesma fé, é a mesma Igreja, é a Igreja do Senhor Jesus. É o mesmo batismo, é o mesmo Evangelho. Só mudamos o templo e ainda estamos na era da graça, na era do Espírito Santo. Todo mover de Atos continua nos dias de hoje”.  

Citando o apóstolo Paulo aos Coríntios, Carlito Paes lembrou que a nossa fé não está baseada em homens. Dessa forma, todo argumento humano que se opõe ao ensino espiritual precisa ser destruído.  

“Você tem que decidir se quer agradar aos homens ou ao Espírito Santo. Muitos líderes estão crendo em mentiras que foram contadas várias vezes e acabaram virando verdade, trocando a Palavra revelada por tradições humanas. Como a ideia de que a era da manifestação dos dons e do Espírito Santo ficou restrita a Atos dos Apóstolos”, disse.


Pastor Carlito Paes durante ministração na Voz dos Apóstolos 2021. (Foto: Marcos Paulo Correa/Guiame).

Aos líderes da Igreja, Paes exortou a seguirem os planos de Deus para suas vidas, ouvindo a voz de Deus e não a dos homens. “Quanto mais a liderança andar em santidade, mais terá intimidade e irá conhecer o coração do Pai”, ressaltou.

O pastor ponderou que a santidade a ser buscada não deve ser uma santificação com o fim em si mesma, que coloca os cristãos dentro de uma bolha, produzindo orgulho e vaidade e afastando as pessoas. O alvo deve ser destruir todo argumento mentiroso em relação às nossas vidas e aos nossos ministérios.

“Ande mais com Jesus, tenha mais intimidade com o Espírito Santo e você irá acreditar nas verdades dele e não nas mentiras dos sofismas do mundo”, encorajou Carlito.

Ministrando para centenas de pastores, bispos e líderes cristãos, Paes os exortou a colocar sua fortaleza em Deus e na força de seu poder. “As fortalezas da mente do cristão devem estar no Espírito e na Palavra de Deus para sua vida e ministério. Não é na sua capacidade, no seu talento, na performance ou na política que podem estar sua fortaleza”, declarou.

Concluindo, o pastor Carlito ensinou que a fortaleza do cristão está resumida em Lucas 18.27: “O que é impossível para o homem é possível para Deus”.



Siga-nos

Mais do Guiame