África do Sul: Sede da Copa do Mundo, Cidade do Cabo vale viagem

África do Sul: Sede da Copa do Mundo, Cidade do Cabo vale viagem

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:28

Adicione à lista de cidades que merecem ser visitadas por si só - como Paris, Londres, Nova York, Tóquio, Cidade do México, San Francisco, entre outras - a Cidade do Cabo.

A mais turística das cidades sul-africanas toma facilmente uma semana do turista, que se desloca por ali com tranqüilidade incomparável à que se tem em outras cidades no mesmo país. Enquanto a cada passo em Johannesburgo e Durban o visitante é avisado dos perigos, na Cidade do Cabo, capital legislativa do país, os avisos persistem, mas em menos de um décimo da quantidade.

Não que não haja perigos - nem que as outras cidades sejam sinônimo de violência -, mas a sensação de segurança é definitivamente maior.

Enquanto no país inteiro a Copa do Mundo de 2010 é motivo de discussões sobre segurança e transporte, na Cidade do Cabo a briga é ambientalista: a organização Cepa (Cape Town Environmental Protection Association) entrou com dois pedidos na Justiça para paralisar as obras do novo estádio na cidade, que vai abrigar a final do campeonato, por questões ecológicas. Ambos foram negados, e o Comitê de Organização da Copa de 2010 garante que a construção está no prazo. Não que não haja brigas - nem que o transporte público, muito ruim, e a segurança não sejam problemas--, mas as discussões são menos inflamadas.

Em uma semana na cidade, o turista divide seu tempo entre atrações ligadas à natureza e aquelas ligadas à cultura. Há as praias, o jardim botânico e a montanha da Mesa. Há as vinícolas e até reservas naturais.

E há um punhado de bons museus e uma mesa repleta de influências distintas. Nas páginas seguintes, é abordado o lado urbano da cidade mais antiga da África do Sul.

Ferida

Uma vez lá, o turista há de notar que os sul-africanos ficam felizes ao ouvir que estão diante de um brasileiro. Alguns têm até certo prazer em trazer à pauta a semelhança entre a Cidade do Cabo e o Rio de Janeiro - ambas cidades ricas cultural e geograficamente. Diante das semelhanças, um sul-africano lança: a diferença é que os morros da Cidade do Cabo são tomados por parques, e os do Rio, por favelas. Não que não haja favelas ali - elas estão nas recônditas periferias.

Por: Heloisa Lupinacci

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame