Coisas para fazer no Brasil antes de morrer

Conheça 8 experiências para vivenciar no Brasil pelo menos uma vez na vida.

Fonte: Guiame, com informações de SkyscannerAtualizado: quinta-feira, 1 de junho de 2017 12:05

Desde as grandes metrópoles até as praias sem circulação de carros, é possível explorar a diversidade apresentada por todo o Brasil. Para que você confira as melhores experiências, o site Skyscanner listou o que você deveria vivenciar no país antes de morrer. Confira:

Viajar de barco pelo rio Amazonas de Manaus a Belém


(Foto: Getty Images)

Ir de Manaus a Belém pode ser feito em uma viagem de avião, em apenas 2 horas, ou em uma viagem de barco de... 5 dias! Se estiver interessado em uma real experiência na Amazônia, o trecho de 1.600 km por vias fluviais será a melhor pedida.

Os pontos altos da travessia são o encontro das águas entre o rio Negro e o rio Solimões (que vêm a formar o rio Amazonas) e a parada em Santarém. Quem sabe você até não aproveita para desembarcar e curtir uns dias nas praias de água doce de Alter do Chão?

Surfar ou mergulhar em Fernando de Noronha


(Foto: Getty Images)

O arquipélago de Fernando de Noronha é considerado o melhor lugar do Brasil para a prática de mergulho com cilindro, graças à temperatura amena e à transparência das águas.

Para quem pretende pegar onda, Noronha também conta com locais ideais para a atividade, como Praia da Cacimba do Padre e Praia do Boldró, onde frequentemente ocorrem campeonatos de surfe.

Banhar-se numa cachoeira na Chapada Diamantina


(Foto: RoseaneTour)

As superfícies planas entrecortadas por pequenos rios formam incríveis e diferentes cachoeiras na Chapada Diamantina.

Algumas são apenas para contemplação, como a Cachoeira da Fumaça, mas outras são perfeitas para banho: na Cachoeira do Roncador, as pequenas piscinas naturais são ótimas para relaxar, e, na Cachoeira do Buracão, o percurso no rio em meio ao cânion é inesquecível.

Flutuação nas águas cristalinas de Bonito


(Foto: 99 Graus)

Reunir tantos lugares ideais para a chamada prática da flutuação foi o que tornou Bonito um fantástico destino de ecoturismo.

Utilizando snorkel e roupas de neoprene, é possível avistar muitos peixes e toda uma vegetação aquática nas águas cristalinas dos rios Sucuri, Prata, Bonito e Formoso. Coletes salva-vidas são quase sempre obrigatórios, o que permite que mesmo quem não sabe nadar tenha a chance de participar dessa inesquecível experiência.

Visitar as atrações históricas de Ouro Preto


(Foto: Getty Images)

A mais famosa cidade histórica do Brasil foi o principal palco dos acontecimentos do Ciclo do Ouro.

Foi a extração do metal precioso que financiou as belíssimas construções que ainda hoje contemplamos em Ouro Preto, como a Matriz de Nossa Senhora do Pilar, toda adornada em ouro; a Igreja de São Francisco de Assis, criação de Aleijadinho; e o Museu da Inconfidência, antiga sede da cadeia e hoje espaço de preservação da história da Inconfidência Mineira.

Tirar uma selfie com o Cristo Redentor no Rio de Janeiro


(Foto: Planedia)

No topo do Morro do Corcovado eis o Cristo Redentor, a estátua-símbolo do Rio de Janeiro e do Brasil. Ver o Cristo de perto é incrível, mas a vista da Cidade Maravilhosa, a 709 metros de altura, é o verdadeiro espetáculo.

Tirar uma selfie talvez seja mais força de expressão, já que a estátua tem 38 metros. Assim, mais vale pedir para outra pessoa enquadrar você e o Cristo na foto.

Curtir a força das Cataratas do Iguaçu


(Foto: Getty Images)

Apreciada em fotos e vídeos, as Cataratas do Iguaçu já surpreendem, mas é ao vivo que se sente de perto toda a força desse conjunto de 275 quedas d’água – especialmente se a experiência envolver passeio de barco.

Os botes motorizados passam bem próximos das quedas a ponto de você sentir na pele toda a magnitude e o impacto da natureza, simplesmente inesquecível.

Percorrer a estrada da Serra do Rio do Rastro em Santa Catarina


(Foto: Douglas Scortegagna)

Uma viagem de carro (ou de moto) pela estrada da Serra do Rio do Rastro é uma das atividades mais imperdíveis no sul do país. Considerada uma das mais belas estradas do Brasil, é cortada pela SC-390, cercada pelo verde da Mata Atlântica e chega aos 1.421 metros de altitude.

Com subidas íngremes e curvas fechadas, tem ainda vários quiosques ao longo do percurso, onde os viajantes costumam parar para apreciar a paisagem. Para uma experiência mais completa, vale a pena chegar ao Morro da Ronda, onde há um mirante para que o momento seja aproveitado com toda a calma que merece.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame