MENU

Saúde

No Brasil, tratamento de Aids salva mais do que a média global

Os anos de vida salvos graças aos tratamentos aumentam cada vez mais

Fonte: guiame.com.brAtualizado: terça-feira, 22 de julho de 2014 15:36
aids
aids

aidsDivulgado nesta terça-feira, dia 22, um estudo mostra que, desde a adoção dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, em 2000, as mortes por HIV/ Aids e tuberculose no Brasil caíram a taxas maiores do que a média global.

O relatório, publicado na revista científica The Lancet e divulgado na Conferência Internacional sobre Aids, na Austrália, mostra que as mortes por HIV no Brasil caíram 2,3% entre 2000 e 2013, maior do que os 1,5% registrados globalmente.

Os anos de vida salvos, graças ao acesso a terapia antirretroviral, programas para prevenir a transmissão do HIV de mãe para filho e a promoção do uso de camisinhas, também aumentaram a no Brasil atingem um índice de 0,37.

"O desempenho do Brasil está acima do registrado em outros países em desenvolvimento, que foi de 0,28 a 0,35", disse à BBC Brasil um dos co-autores do estudo, Paulo Lotufo, professor da Faculdade de Medicina da USP e diretor do Centro de Pesquisa Clínica do Hospital Universitário da USP.

Entre 1990 e 2003, os anos de vida salvos no Brasil foram 230 mil, de 2004 a 2008 foram mais de 450 mil, e de 2009 a 2013, quase 682 mil anos.


com informações do BBC Brasil/Terra

 

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame