MENU

Saúde

Mulheres precisam reforçar a ingestão de nutrientes para se manter saudável

Mulheres precisam reforçar a ingestão de nutrientes para se manter saudável

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:31

Vitaminas e minerais são essenciais para a saúde feminina, principalmente na maturidade, quando costuma ser necessário reforçar a ingestão desses nutrientes, já que a dieta cotidiana e os suplementos alimentares convencionais podem ser insuficientes para garantir a vitalidade da mulher.

As vitaminas são substâncias orgânicas que não têm relação química entre si, mas possuem características fundamentais em comum: são obtidas através da alimentação, são imprescindíveis para a vida humana, na falta de apenas uma delas, o organismo não funciona normalmente. São nutrientes indispensáveis para o metabolismo. Não fornecem energia por si mesmas, mas, sem elas, o organismo não consegue aproveitar e transformar os componentes calóricos da alimentação.

Os minerais constituem apenas 4% dos tecidos de nosso corpo, mas, sem eles, os outros 96% não poderiam existir nem funcionar. A presença e intervenção desses nutrientes são indispensáveis para a atividade normal das células e essenciais para a vida, embora eles não venham de organismos vivos.

Uma pesquisa da Escola de Medicina da Universidade de Harvard (Estados Unidos) sugere que, quando as mulheres passam dos 40 anos, podem precisar de uma dose diferente de vitaminas ou minerais que os fornecidos pelos suplementos multivitamínicos comuns, porque suas necessidades nutricionais vão mudando.

Recomendações da pesquisa

Proteja sua visão com vitamina C: O Projeto Nutrição e Visão, uma iniciativa de cientistas implementada nos EUA, descobriu que as mulheres com menos de 60 anos que consomem pelo menos 350 miligramas de vitamina C por dia têm 57% a menos de chances de ter catarata do que as que tomam menos de 140 miligramas. Muitos suplementos não chegam a essa quantidade, por isso, é necessário reforçar a ingestão desta vitamina, consumindo alimentos como laranja e pimentão vermelho. Consuma mais cálcio para se fortalecer: Os suplementos costumam oferecer até 25% da dose diária de cálcio recomendada. Para obter o 1 grama aconselhado - ou 1,2 grama, se tiver mais de 50 anos -, a mulher deve incluir três porções diárias de laticínios. Mais saúde com menos ferro: Na fase fértil, o ideal para evitar a anemia e manter a vitalidade é tomar um suplemento (sempre com orientação médica) com 18 miligramas de ferro, para compensar o que se perde na menstruação. Mas, a partir da menopausa, a mulher não precisa ingerir mais do que 8 miligramas diárias deste mineral, porque o elimina menos, devido à ausência das menstruação. Além disso, o acúmulo excessivo desse nutriente pode causar náuseas e prisão de ventre.  

Siga-nos

Mais do Guiame