MENU

Saúde

Medo: um dos maiores inimigos do homem

Medo: um dos maiores inimigos do homem

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:30

Considerado pelos especialistas como um dos maiores inimigos do homem, o medo está por trás do fracasso, da doença e das relações humanas desagradáveis. Segundo pesquisas, milhões de pessoas têm medo do passado, do futuro, da velhice, da loucura, da morte e até mesmo dos próprios pensamentos.

Especialistas alertam que, a partir do momento em que o medo começa a mudar o cotidiano da pessoa, é preciso ficar atento e procurar ajuda médica.

Confira as principais doenças relacionadas a esse sentimento:

Síndrome do pânico

Os sintomas de um ataque nem sempre estão relacionados a algum trauma. Ele se caracteriza quando a pessoa sente muito medo ou desconforto associado a quatro ou mais dos seguintes sintomas: coração disparado, suor, tremores, falta de ar, dores no peito, náusea, desconforto abdominal, tontura, instabilidade, vertigem ou desmaio, medo de perder o controle, de morrer ou de enlouquecer, formigamento, calafrios ou ondas de calor. Geralmente, duram de 10 a 20 minutos. O que define o transtorno do pânico é a repetição aleatória de ataques ou a ocorrência de um único seguido do medo de se ter outros.

Agorafobia

É o medo de ter medo. Uma ansiedade que se sente em certas situações e cujos sintomas são falta de ar, suores, tonturas e sensação de desmaio ou descontrole. Podem ocorrer se a pessoa estiver no meio de uma multidão ou até quando sozinha em casa.

Fobias específicas

Medo ou pavor de coisas ou situações, como cobras, falar em público ou altura. É um medo irracional revelado pela presença, ou antecipação da presença, de um objeto ou situação que cause pavor. Quando essa ansiedade é muito intensa, a pessoa pode ter ataque de pânico. Quem tem sabe que o medo é absurdo, sem razão, mas não consegue se livrar dele. Na maioria das vezes as pessoas passam a evitar a causa da fobia. Quando ela começa a atrapalhar a vida, é preciso procurar ajuda.

Fobia social

É o medo da opinião dos outros. O temor de se expor à avaliação alheia ou de se comportar de maneira humilhante ou vergonhosa. Podem ocorrer sintomas como taquicardia, tremores, suor, boca seca, ondas de calor, rubor ou até ataque de pânico.

Siga-nos

Mais do Guiame