MENU

Saúde

Medo de avião tem cura

Medo de avião tem cura

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:31

Medo de voar é uma fobia específica que atinge mais de 40% dos brasileiros e que pode se manifestar em diferentes níveis, do mais ameno nas pessoas que utilizam o transporte aéreo com receio, ao mais extremo, nas pessoas que não o utilizam nunca por já se sentirem desesperadas ao se imaginarem entrando num avião.

O sofrimento gerado pelo medo de voar é intenso e pode provocar uma cadeia de reações ruins - pensamento recorrente, crises emocionais e reações físicas (palpitações, sudorese, tremores, desconforto abdominal, falta de ar, náusea, desconforto no peito, vertigem, etc.).

Com o desenvolvimento das técnicas da Psicologia Comportamental e Cognitiva para o tratamento desse tipo de fobia e de outras correlatas, a cura do medo de voar passou a ser atingida com um alto índice de sucesso, acima dos 90%, sendo atualmente a melhor alternativa para quem pretende se livrar da aversão exagerada de voar. Tratamentos semelhantes são realizados em outros países, como Portugal e Alemanha com sucesso.

O tratamento do medo de voar é feito em grupos pequenos, uma ou duas vezes por semana, e dura em média três meses. Para participar do curso, cada paciente passa por uma consulta prévia de avaliação e diagnóstico. Todos os participantes possuem algo em comum, facilitando assim a interação, a desinibição, a identificação das causas e a cura. O tratamento visa criar mudanças positivas para que as pessoas superem o medo de voar e possam viajar de forma natural e descontraída.

O processo terapêutico compreende orientação psicológica, técnicas para diminuir a ansiedade, reestruturação do pensamento, treinamento de relaxamento e enfrentamento com visitas ao aeroporto, encerrando com uma viagem acompanhada por um Psicólogo. A evolução do tratamento é determinada pelo desenvolvimento do autocontrole do paciente. Em nenhum momento as pessoas são forçadas a enfrentar situações que não estejam à vontade para fazer.

Postado por: Claudia Moraes

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame