MENU

Saúde

Juventude brasileira é vítima de hipertensão

Juventude brasileira é vítima de hipertensão

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:31

No Brasil, houve um aumento de casos de hipertensão entre crianças e adolescentes. Segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), 30% dos brasileiros sofrem de hipertensão, sendo os jovens 3% deste grupo. A alimentação inapropriada - produtos industrializados, junk food - e o sedentarismo são fatores que levam à doença. De acordo com cardiologista e professor ortomolecular Dr. Marcos Natividade, pais e jovens devem cuidar da alimentação como forma de prevenir e combater a hipertensão e doenças cardiovasculares.

"A substituição dos alimentos naturais por alimentos industrializados, ricos em sal e gordura, serve como 'porta de entrada' para hipertensão arterial. Os jovens precisam controlar esses fatores de risco. Também precisamos lembrar que os alimentos de hoje não possuem mais as mesmas quantidades de nutrientes que tinham na época dos nossos avós. Por isso, em muitos casos, a reposição de nutrientes é essencial para reequilibrar o organismo", afirma Dr. Marcos Natividade.

Os alimentos naturais e a comida caseira ainda são a melhor opção àqueles que desejam levar uma vida saudável, evitando que a hipertensão proporcione o surgimento de doenças cardiovasculares, como por exemplo: derrames e infarto do miocárdio.

O Tratamento Ortomolecular busca equilibrar a ação dos nutrientes no corpo através do uso das moléculas corretas. Ou seja, quando o organismo recebe, armazena e distribui de maneira ajustada os nutrientes - aminoácidos, minerais, vitaminas, ganhando autodefesa contra o ataque de doenças. Na ausência de nutrientes ou caso não haja uma boa absorção, os efeitos são contrários e o organismo se torna "presa fácil".

"Para sabermos como está o paciente, utilizamos exames especializados, como a Avaliação Funcional onde é possível diagnosticar a causa da hipertensão e os tradicionais como de sangue, colesterol, entre outros. Com o resultado dos exames inicia-se o tratamento ancorado na tríade: reposição de nutrientes, mudança de hábitos alimentares e atividades físicas", explica Dr. Marcos Natividade.

A eficácia do tratamento depende, em grande parte, do esforço do paciente. "O tratamento ortomolecular não é milagroso", brinca o médico. "As melhoras podem ser notadas após uma semana, desde que haja comprometimento do paciente e acompanhamento médico especializado".

 

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame