MENU

Saúde

Exame permite avaliar sucesso de tratamento contra infecção

Exame permite avaliar sucesso de tratamento contra infecção

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:39

Um exame simples, barato e já usado para outros fins médicos avalia com maior rapidez se o tratamento de uma infecção em pacientes graves será eficiente, antes mesmo de o organismo dar os primeiros sinais de melhora.

Trata-se da medição, no sangue, dos níveis da proteína C-reativa, produzida pelo fígado. Em taxas elevadas, ela indica processos inflamatórios ou infecciosos em pessoas com boa saúde.

Um estudo recente, publicado na revista "Critical Care", mostrou que ela também funciona como marcador de infecções em doentes graves.

Realizado pelo Instituto D'Or de Pesquisa e Ensino, em parceria com o Instituto Nacional de Câncer e a Universidade Nova de Lisboa (Portugal), o estudo mostrou que o exame da proteína pode identificar em até 72 horas se o corpo está respondendo ao antibiótico ou não.

Segundo um dos autores do trabalho, o pneumologista Jorge Salluh, o corpo demora, em geral, uma semana para dar essa resposta.

"Agora podemos diferenciar quem está respondendo ou não à terapia e propor mudanças terapêuticas mais rapidamente", afirma.

A vantagem, diz ele, é que o exame é barato (custa menos de R$ 10) e rápido (o resultado sai em 30 minutos).

MARCADORES

Jorge Salluh explica que havia dúvidas se o marcador era útil também para pacientes graves, com neutropenia (ausência ou baixa quantidade de glóbulos brancos).

Foram estudados 154 pacientes com câncer e quadro de infecção, sendo que 86 deles tinham neutropenia. A conclusão foi de que o teste é eficaz para os doentes graves.

Em razão da doença ou dos tratamentos, esses pacientes têm imunidade muito baixa. Estima-se que de 15% a 20% dos doentes internados em UTIs possuam esse perfil.

Para o infectologista Artur Timerman, o exame será uma boa ferramenta porque esse tipo de paciente costuma demorar para dar sinais de que não está respondendo bem aos tratamentos.

"Eles demoram para fazer febre. O exame da proteína C-reativa será útil para o seguimento deles."

Siga-nos

Mais do Guiame