MENU

Saúde

Cinco estados brasileiros conseguem atingir meta da campanha de vacinação contra gripe

Estados que ainda não atingiram metas, governo aconselha seguir com a vacinação

Fonte: Guiame, com informações de Bem estar/O globoAtualizado: segunda-feira, 8 de junho de 2015 19:09
prorrogação da campanha de vacina
prorrogação da campanha de vacina

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde revelou que 21 estados e o Distrito Federal não cumpriram a meta de vacinação contra a gripe prevista na campanha deste ano. O governo recomenda que a vacinação continue em estados e municípios que não atingiram o público-alvo prioritário.

Entre os cinco estados que atingiram a meta estão Amapá (89,4%), Paraná (83,5%), Santa Catarina (82,2%) Espírito Santo (81,8%) e Amazonas (81.4%).
 
A campanha foi prorrogada pelo governo em datas diferentes de alguns estados.
 
Segundo o ministério, 35,9 milhões de pessoas foram vacinadas, o que corresponde a 73% do público-alvo. A meta era vacinar, pelo menos, 80% do público prioritário, considerado com mais riscos de desenvolver complicações causadas pela doença.
 
O único grupo que atingiu a meta até o momento é o das mulheres com 45 dias após o parto, com 92% de mulheres vacinadas. O segundo grupo com maior cobertura é o dos idosos, 76%; seguido por trabalhadores da saúde, com 72% vacinados; crianças de seis meses a menores de cinco, 69,6%; gestantes, 63,4%; e os indígenas, com 62,9% do grupo vacinados .

— Se forem esgotadas todas as possibilidades de vacinação dos grupos prioritários cada município define o público que será incluído na campanha — explicou a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues.

A vacina disponibilizada em 2015 protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela OMS para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). O custo para aquisição das vacinas neste ano foi de R$ 487,6 milhões por meio de uma Parceria para o Desenvolvimento Produtivo entre o Instituto Butantan, que produziu as doses e um laboratório privado.

Confira os novos prazos para vacinação.

Acre
O Acre é o estado com menor índice de vacinação contra a gripe em todo o pais. Das 170 mil pessoas do chamado grupo prioritário que deveriam ser vacinadas, apenas 90 mil, ou 52,95%, foram imunizadas. Para tentar aumentar o índice, a Secretaria de Saúde local resolveu estender o prazo de vacinação até a próxima sexta-feira, dia 12.

Bahia
Na Bahia, a campanha de vacinação foiprorrogada até a próxima sexta-feira (12). Por lá, de acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, 63,75% das pessoas do grupo de risco já haviam tomado a vacina. O objetivo é vacinar 2,9 milhões de pessoas em todo o estado.

Ceará
Em 103 municípios cearenses que não atingiram a meta de imunização, a vacinação contra a gripe será prorrogada  até a próxima sexta-feira (12). Segundo a Secretaria de Saúde do estado, a cobertura da campanha estava em 64,04% do público-alvo.

Mato Grosso
Com pouco mais de 62% das pessoas do grupo de risco vacinadas, Mato Grosso resolveu prorrogar por 10 dias a vacinação contra a gripe. No estado, 614 mil pessoas devem receber a proteção contra o vírus.

Pernambuco
A Secretaria de Saúde do Estadoprorrogou até a próxima sexta-feira a campanha de vacinação contra a gripe no Pernambuco. De acordo com o órgão, 63,3% das pessoas foram imunizadas. A meta é chegar a 80% da população prioritária.

Piauí
No Piauí, apenas 57,92% das pessoas do chamado grupo prioritário foram imunizadas contra a gripo. O número, o segundo mais baixo do país, deixa o estado longe da meta do Ministério da Saúde, de 80%. Porém, a campanha de vacinação no estado foi prorrogada. O novo prazo é 19 de junho.

Roraima
Terceiro estado com o menor índice de vacinação das pessoas do grupo prioritário, com apenas 59,58% da população imunizada, Roraima estendeu o prazo de vacinação para 19 de junho. De acordo com a prefeitura de Boa Vista, a capital, tem índice ainda menor, de 50,97%

São Paulo
Com 73,56% das doses aplicadas em grupos prioritários, São Paulo terá vacinação contra a gripe até 12 de junho. O objetivo é imunizar quase 9 milhões de pessoas. Entretanto, o último balanço do Ministério da Saúde aponta que apenas 6,54 milhões de pessoas tomaram a vacina.

CAPITAIS

Florianópolis
Apesar de Santa Catarina ter vacinado 82,18% da população de risco, a capital catarinense não atingiu a meta de 80%. Com isso, a campanha de vacinação foi prorrogada até 12 de junho. Além de Florianópolis, outras importantes cidades do estado, como Joinville e Criciúma também tiveram o prazo prorrogado.

João Pessoa
A população de João Pessoa terá mais uma semana para se vacinar contra a gripe. O prazo, que terminaria nesta sexta-feira (5), foi prorrogado até o dia 12. Na capital paraibana, apenas 100 mil, das 124 mil esperadas receberam a dose.

Porto Alegre
Outra capital do Sul do país que estendeu o prazo para a população se vacinar foi Porto Alegre. A diferença é que não há um prazo para o término da vacinação. A prefeitura afirmou que irá continuar com a campanha até que a meta de 80% seja alcançada. Até o último balanço, 74,48% do público havia sido vacinado.

Rio de Janeiro
A prefeitura do Rio também irá prorrogar a campanha de vacinação até 12 de junho. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 78,5% da população prioritária foi vacinada até a última quarta-feira (3).

 

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame