MENU

Saúde

Casos de infarto aumentam em 30% no frio

Para afastar o perigo, portanto, o indicado é controlar a hipertensão, o diabetes e o colesterol, além de manter uma rotina de exercícios físicos e alimentação saudável e evitar o tabaco

Fonte: guiame.com.brAtualizado: quarta-feira, 2 de julho de 2014 18:02
infarto
infarto

infartoPara que uma pessoa infarte basta as artérias que enviam sangue ao coração serem obstruídas por alguma razão – a causa mais comum são placas de gordura acumuladas ao longo da vida – que o sangue não passa, o coração não recebe o líquido vital com oxigênio e sofre danos sérios que podem levar à morte.

O problema é que o frio aumenta em 30% o risco de isso acontecer porque o organismo contrai as artérias para se manter aquecido e deixa menos espaço para a circulação de sangue, causando o que a medicina chama de vasoconstrição.

Nessa condição, o sangue precisa fazer mais pressão para circular - a pressão alta - e, dependendo do caso, pode não sobrar espaço para circulação. Se a passagem for totalmente obstruída, acontece o infarto.

O fato de as pessoas terem a tendência a praticar menos exercícios físicos no frio e comer menos comidas saudáveis contribui para o aumento no número de casos de infarto. Para afastar o perigo, portanto, o indicado é controlar a hipertensão, o diabetes e o colesterol, além de manter uma rotina de exercícios físicos e alimentação saudável e evitar o tabaco.


com informações de saude.ig

 

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame