MENU

Saúde

Ansiedade é doença?

Ansiedade é doença?

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:31

A primeira definição sobre ansiedade é que ela é um sentimento. A literatura sobre o tema a define como um estado emocional com a qualidade do medo, desagradável, dirigido para o futuro, desproporcional e com desconforto subjetivo (Lewis, 1967). Talvez, o mais importante nesta primeira parte do texto é compreendermos que a ansiedade não é unicamente uma doença. Ela faz parte do nosso sistema de defesa e foi ela que permitiu estarmos aqui hoje, lendo sobre ela: a seleção natural favoreceu os ansiosos, pois a ansiedade os salvou de algum perigo ou predador e por isso sobrevivem até hoje. Assim, não seria exagerado dizer que todos nós somos ansiosos (com variações, é claro), pois isso foi selecionado, ou seja, é produto da seleção natural.

De uma forma geral, a ansiedade é um sentimento incômodo, que gera desconforto e que muitas vezes está projetado para o futuro. A pessoa ansiosa costuma viver em constante estado de alerta, pois teme que algo (ruim / temido) possa acontecer no futuro e que isso possa gerar sofrimento. Assim, o medo, as preocupações são comuns nos ansiosos.

Esses medos e preocupações em excesso podem sim atrapalhar nosso cotidiano e muitas vezes virar doença. No Brasil, estima-se que 23% da população desenvolva algum tipo de distúrbio ansioso ao longo da vida. Os chamados Transtornos de Ansiedade são os seguintes: síndrome do pânico, transtorno obsessivo compulsivo, transtorno de ansiedade generalizada, estresse pós traumático e as fobias.

Para terminar, é importante afirmar que a ansiedade pode ser um aviso de que algo não vai bem e que devemos lutar para descobrir o que está causando tal inquietação ou mesmo qual a função dela em nossa vida. Como a ansiedade sinaliza um perigo eminente, podemos refletir sobre o que pode estar aversivo ou causando angústia em nossa vida. Caso ela esteja trazendo sofrimento, o tratamento deve envolver psicoterapia e em alguns casos, o uso de medicamentos.

O que a Bíblia diz?

"Por isso vos digo: Não andeis ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?

Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?

E qual de vós poderá, com toda a sua ansiedade, acrescentar um côvado à sua estatura?

E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.

Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?

Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?

(Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;

Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal." - Mateus 6:25-34

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame