MENU

Saúde

Ainda há risco de a nova gripe virar pandemia, diz OMS

Ainda há risco de a nova gripe virar pandemia, diz OMS

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:30

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou nesta quinta-feira, 7 de maio, que o vírus da gripe A (H1N1) continua sendo uma ameaça e que a doença, surgida no México e que já se espalhou por mais de 20 países, ainda pode se transformar em pandemia (epidemia de alcance mundial).

A OMS vai manter o nível cinco na escala de alerta de pandemia, em um máximo de seis, segundo Keiji Fukuda, '"número dois" na hierarquia da OMS.

"Continuamos na fase cinco. Isso não mudou", disse ele em entrevista em Bruxelas. "Continuamos vendo transmissão entre humanos, transmissão em nível de comunidades, primariamente na América do Norte. Não estamos vendo isso em nenhum lugar mais."

Fukuda disse que, se a doença se transformar em pandemia, um terço da população mundial pode ser contaminada.

"Se levarmos em conta as pandemias do passado, uma estimativa razoável seria considerar que um terço da população será contaminada", disse.

Fukuda disse que "isso significa muita gente, e pode haver muita gente que morrerá ou terá pneumonia grave", apesar de que, por enquanto, o vírus parece ter sintomas leves.

"Desde o início da crise, dissemos que a situação evolui e que não sabemos como fará isso, ou se o vírus ficará mais perigoso", disse ele.

Fukuda afirmou temer que o vírus se estenda especialmente nos próximos meses no Hemisfério Sul, onde está para começar o inverno.

A entidade reiterou ainda que o consumo de carne suína é seguro. "Comer carne suína não representa um perigo de contrair a infecção", disse Fukuda.

Cerca de 20 governos anunciaram restrições às importações de carne de porco do México e de outros países afetados, por temer infecções pela nova cepa do vírus, que pesquisadores dizem ser uma mistura de gripes suína, humana e aviária.

Siga-nos

Mais do Guiame