SOS lingerie: cuidados antes de vestir as peças de baixo

SOS lingerie: cuidados antes de vestir as peças de baixo

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:00

Há muito tempo que a lingerie deixou de ser apenas a simples roupa de baixo. Hoje, com a quantidade de modelos, materiais e estilos que são encontrados no mercado, a calcinha e o sutiã são fundamentais na hora de montar o look, seja ele casual, basicão, ou de festa. Uma calcinha errada e o look pode ficar todo comprometido, com dobrinhas indesejadas e bumbum dividido em três. O sutiã, se não for adequado ao seu tipo de mama e também à roupa que está usando, pode deixar os seios caídos, aumentá-los, ou ainda diminuí-los. As costas também ganham banhas que podem ser disfarçadas com peças mais estruturadas e de alças mais largas.

Anote:

- Lingerie cor da pele foi feita para ser usada embaixo de roupas claras, para justamente desaparecer.

- Quem tem as costas estreitas e seios grandes pode correr o risco do sutiã ficar subindo na parte de trás, o que resulta em seios mais caídos. Nesse caso deve-se investir num sutiã de qualidade, bem estruturado e do tamanho certo, se não souber qual modelo é mais adequado procure ajuda profissional em lojas especializadas.

- Mulheres mais gordinhas devem preferir uma lingerie com mais sustentação, o que implica em alças mais largas por exemplo.

- Lingerie de tamanho menor marca muito e pode deformar o corpo, inclusive formar pneuzinhos em até quem nunca teve.

- Calcinha: o modelo de tiras finas deve ser usado apenas por magrinhas, do contrário serve apenas para marcar a roupa.

- Prefira usar biquíni na praia, ou no clube. O look pode ficar deselengante e até vulgar se não for produzido com cuidado. O mesmo serve para os tops, que são ideias dentro da academia.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame