Dicas para o esmalte durar mais tempo

É possível aumentar a durabilidade do esmalte seguindo algumas estratégias que especialistas da Risqué deram ao site M de Mulher.

Fonte: Guiame, com informações de M de MulherAtualizado: quarta-feira, 3 de maio de 2017 11:51
(Foto: Giphy)
(Foto: Giphy)

É possível aumentar a durabilidade do esmalte seguindo algumas estratégias que especialistas da Risqué deram ao site M de Mulher. Tudo isso, claro, sem apelar para truques que podem prejudicar a saúde das unhas.

Logo de início, é necessário aplicar a base para proteger as unhas e prepará-las para a esmaltação. “Quando elas estão fortes e saudáveis, o esmalte dura mais e, por isso, é importante utilizar bases que contenham ativos para tratá-las”, ensinam os especialistas da Risqué.

Entre as principais opções estão aquelas que protegem as unhas, além das fortalecedoras e niveladoras, que corrigem falhas e ondulações e tornam as unhas mais resistentes.

Depois da camada de base, a Risqué indica que sejam passadas apenas duas camadas de esmalte. Para um resultado satisfatório, com boa cobertura, a recomendação é que o produto seja aplicado da seguinte maneira:

1. Retire o excesso de produto do pincel e o posicione no centro da unha, perto da cutícula

2. Deslize levemente o pincel até a borda da unha

3. Posicione o pincel na lateral direita da unha, perto da cutícula

4. Deslize levemente o pincel até a borda da unha

5. Posicione o pincel na lateral esquerda da unha, perto da cutícula

6. Deslize levemente o pincel até a borda da unha

7. Caso seja necessário, finalize a aplicação com mais uma pincelada

Finalização

Depois do esmalte, é aconselhado o uso de cobertura brilhante, que protege o esmalte e prolonga a sua duração e brilho.

Para a finalização há diferença entre usar óleo ou spray? Especialistas esclarecem que embora ambos tenham a função de proteger as unhas recém-esmaltadas contra poeiras e possíveis borrões, cada um tem suas particularidades.

“A baixa temperatura criada pelo jato do spray e os ativos secantes de sua fórmula tornam o produto mais indicado para acelerar a secagem. O óleo, por sua vez, cria uma camada protetora, evitando que sujeiras grudem no esmalte e que ele amasse”, explicam os responsáveis pela marca.

Bolinhas indesejadas

Um fator que incomoda muitas mulheres são as famosas “bolinhas“, que aparecem quando a temperatura ambiente está muito alta, quando o esmalte fica guardado em local quente ou quando a embalagem não está devidamente fechada.

Para evitá-las, “a dica é evitar fazer as unhas em ambientes muito quentes, armazenar os esmaltes em locais que ficam longe do calor ou da luz solar, aplicar camadas finas de esmalte e finalizar o processo com cobertura brilhante”, recomendam os especialistas.

Outro ponto importante é verificar se o esmalte ainda está bom — o prazo de validade e a textura podem ser indícios de que ele está impróprio para uso, uma vez que produtos muito grossos interferem diretamente na qualidade da esmaltação.

“Para evitar que o produto engrosse, mantenha sempre os frascos bem fechados, armazenados longe do calor ou da luz solar. Também é importante limpar bem o gargalo do frasco, para evitar que a tampa perca a vedação”, indicam.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame