Desfiles de alta-costura em Paris cumprem missão de fazer sonhar

Desfiles de alta-costura em Paris cumprem missão de fazer sonhar

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:23

A alta-costura tomou posse de Paris, cumprindo uma de suas missões: a de fazer sonhar, como a Casa Dior, que criou um verdadeiro jardim de mulheres-flores no primeiro dia dos desfiles, e com Armani e Givenchy prodigalizando, nesta terça-feira (6), luxo, elegância e voluptuosidade.

A estilista Stephane Rolland, que apresentou sua coleção nesta terça-feira, no Teatro de Chaillot, disse que "a alta-costura evoca a perfeição". Seu desfile contou com toques espaciais e marinhos e conjuntos assimétricos em seda e musselina, sobre leggings bordados com pedrarias, acompanhados de capas e túnicas flutuantes. A silhueta proposta pela grife foi luxuosa e sofisticada, mas também leve, quase fácil de usar.

O estilista Franck Sorbier, membro "oficial" do grupo fechado que apresentará sua coleção na próxima quarta-feira (7), na Casa Sotheby's, afirmou à AFP que "um vestido de alta-costura é único, desperta emoções".

- Cada proposta de alta-costura desprende poesia e magia".

A Casa italiana Giorgio Armani apresentou nesta terça 43 modelos para o próximo outono e inverno europeus de sua linha Armani Privé, na qual primou a discrição e a elegância urbana, declinada em tons de âmbar, cinzento, tabaco, branco.

Casacos de cashmere estavam lado a lado com vestidos de coquetel em tecidos suaves e de baile, em cetim e seda, que transformavam a mulher Armani em sereia.

Lefranc Ferrant, por sua vez, apresentou no Palácio de Tokio coleção inspirada nas obras de arte e na arquitetura.

Givenchy, um dos membros oficiais da Câmara Sindical de Alta-Costura, disse adeus às passarelas, optando por apresentar sua coleção num salão privado da praça Vendôme.

Propôs dez vestidos nas cores branca, rosa e ouro. Um dos modelos dourados precisou 1.200 horas de trabalho manual.

Os desfiles de Alta-Costura, que começaram segunda-feira, prosseguem na quarta-feira com as coleções para o outono-inverno 2010 de Jean Paul Gauthier, Sorbier e Valentino, entre outros.

Na quinta-feira, será a vez das apresentações da denominada "alta joalheria" - com peças assinadas por joalheiros famosos -, um setor extremamente golpeado pela crise que espera recuperar-se graças a fortunas de países emergentes, como a China.

Siga-nos

Mais do Guiame