7 erros cometidos que estragam o cabelo no verão

Estação contribui com danos aos fios e é necessário saber os cuidados indicados para não piorar.

Fonte: Guiame, com informações de Minha VidaAtualizado: sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015 12:46
cabelos
cabelos

O verão proporciona momentos de lazer por conta dos dias lindos de sol. Ocalor premite aproveitar uma piscina ou mar, ajudando o corpo e a mente. Os cabelos são os que mais sofre agressões do sol. 

A exposição ao sol, vento, água do mar e da piscina contribuem para a desidratação dos fios, que se tornam mais porosos e fragilizados, levando a fraturas?, informa a dermatologista Tatiana Gabbi, membro das Sociedades Brasileiras de Dermatologia (SBD) e Cirurgia Dermatológica (SBCD).

Devido os fio ficarem delicados, é preciso ter um cuidado redobrado. E muitas vezes, ao esquecer um pouco dos cabelos no verão, acabamos prejudicando-os mais ainda! Veja os principais erros que você pode cometer com os seus fios nessa estação e preste mais atenção a esses detalhes. 

Confira os 7 prejuizos do cabelo causados pelo verão.

Deixar o cloro ou sal nos cabelos

Você pode sair do mar ou da piscina, mas eles não saem de você... Pelo menos não dos seus cabelos. O sal ou o cloro continuam nos fios quando você está fora da água, causando problemas. "Isso causa ressecamento, e pode causar um dano na cutícula do cabelo, ele fica mais frágil, quebradiço e opaco", explica a a dermatologista Carla Vidal, de São Paulo. E com a ação do sol, lá se vai a força da "peruca". Por isso, o ideal é que assim que você saia da água lave os cabelos ou ao menos passe uma ducha de água doce, para tirar esses elementos.

Não proteger os fios do sol

Não é só a pele que precisa de protetor solar, os cabelos também! "Os raios ultravioletas queimam também a queratina dos cabelos, se ele já é frágil, fica mais fraco ainda", considera Carla. Tudo isso causa um ressecamento nos fios, tornando-os mais quebradiços. A solução é encontrar produtos específicos de proteção. "Leave-ins com filtros solares e condicionadores com filtros estão disponíveis", ensina a dermatologista Tatiana Gabbi, membro das Sociedades Brasileiras de Dermatologia (SBD) e Cirurgia Dermatológica (SBCD).

Fazer químicas logo antes de viajar

Com tantos fatores que podem fragilizar seus cabelos, o ideal é que eles já estejam naturalmente fortes antes de curtir o verão. Portanto, deixe os tratamentos com química para a primavera. "Quando você descolore, tinge ou alisa quimicamente os fios ficam mais porosos e fragilizados, piorando a desidratação causada nesta estação", explica Tatiana. E ao escolher os tratamentos, veja os menos agressivos, evitando o formol e preferindo ativos como aminoácidos e vitaminas, que nutrem os cabelos.

Dormir com os cabelos molhados

Com o calor, dá vontade de ficar longe do secador, não é mesmo? Mas evite dormir com os cabelos molhados. "Isso pode facilitar a piora de uma dermatite seborreica (caspa), em que é predisposto", ensina a dermatologista Tatiana. Afinal, o ambiente úmido propicia a proliferação de fungos, os principais agentes causadores do problema. Para conciliar o calor com a proteção, experimente usar a temperatura mais fraca do secador, que, inclusive, é a mais indicada seja qual for a estação, pois prejudica menos o couro cabeludo. Até porque, os cabelos já estarão danificados pelo sol, cloro ou sal.

Não pensar no ressecamento

Com o sol, cloro ou sal, é normal você ficar com os cabelos ressecados. Portanto, não importa se ele já é seco ou oleoso, não descuide desse tipo de sintoma e faça o tratamento adequado contra o ressecamento. "Para quem tem o cabelo oleoso, o couro continuará assim, portanto aposte em leave-ins apropriados para as pontas", considera Carla Vidal.

Desembaraçar os cabelos de forma errada

Os fios molhados normalmente ficam mais elásticos, mas se você não tomar cuidado, pode causar ainda mais quebra, já que eles estarão mais sensíveis nessa estação. Qualquer movimento errado e eles podem se quebrar e ficar opacos e sem brilho. "Sempre comece a tirar os nós das pontas e vá subindo gradualmente", considera Carla Vidal. A especialista indica o uso de pentes de madeira, com os dentes mais afastados, ou escovas específicas para os cabelos molhados.

Descuidar dos fios se não for à praia

Se você se expõe ao sol e ao vento ao longo dia, seja na praia, no campo ou na cidade, então não deve descuidar dos fios! "O sol está em todo lugar, e não só no litoral", justifica a dermatologista Carla. Por isso, os cuidados relacionados nos outros tópicos devem ser mantidos se você está expondo seus cabelos ao sol e vento.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame