O Poder do Espírito Santo - 1ª Parte

O Poder do Espírito Santo - 1ª Parte

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:31

Existem dois anelos que todo ser humano, consciente ou inconscientemente, possui: o perdão e a bondade. Deus respondeu ao primeiro anelo na cruz do Calvário, pois ao enviar o Seu Único Filho a este mundo proporcionou a cada pessoa o acesso ao perdão. Isto é um presente chamado de presente da salvação.

Ver: Mt 1: 18-21; Jo 3:16,17; At 2:19; Hb 9: 13,14 e 28;

Deus também já respondeu ao segundo anelo: a bondade. Ele não quer que aceitemos a Cristo como Salvador e continuemos a viver como pessoas derrotadas, frustradas e desencorajadas. Pelo contrário, Deus quer cumprir todo o propósito de bondade (fazer o bem) e obra de fé, a fim de que o nome de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo seja glorificado em nós e nós nEle. A vitória da pessoa remida em Cristo é a própria vitória de Deus.

Ver 2 Tess 1:11,12

Portanto, se quisermos viver uma vida vitoriosa neste mundo confuso e materialista que vivemos, necessitamos do presente duplo que Deus nos oferece:

1º) A obra do Filho de Deus por nós (perdão) e

2º) A obra do Espírito de Deus em nós (bondade / ser bom).

Em outras palavras: "Eu preciso de Jesus Cristo para a minha vida eterna e do Espírito Santo para a minha vida interna".

QUEM É O ESPÍRITO SANTO?

Antes de qualquer explicação devemos aprender que um dos maiores mistérios de Deus atende pelo nome de Trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo. Um só Deus com funções específicas para o Pai, para o Filho e para o Espírito Santo. Deus é triuno. Este mistério, como frisei acima, pertence ao Senhor Deus e se Ele o quisesse revelar teria feito através da Sua Palavra. Entretanto, o que encontramos é a existência e a ação conjunta de Deus como Pai, Filho e Espírito Santo desde o princípio de todas as coisas.

Ver: Gen 1:26; Gen 3:22; Is 6:8; Mt 28:18-20; 2 Cor 13:14.

1º) O Espírito Santo é uma Pessoa

Jesus sempre chamou o Espírito Santo de Ele e nunca como "isto ou aquilo" (Leia Jo cap 14, cap 15 e cap 16). A Bíblia nos ensina que o Espírito Santo tem intelecto, emoções e vontade, além de mostrar que Ele faz coisas que uma força não faria, apenas uma pessoa real. Vejamos alguns exemplos:

Ele fala: At 13:2; Apoc 2:7; Ele intercede: Rm 8:26; Ele testifica: Jo15:26; Ele guia: At 8:29; Rm 8:14; Ele ordena: At 16:6,7; Ele conduz: Jo 16:13; Ele nomeia: At 20:28; pode-se mentir para Ele: At 5:3,4; pode-se insultá-lo: Hb 10:29; pode-se blasfemar contra ele: Mt 12: 31,32; pode-se entristecê-lo: Ef 4:30.

2º) O Espírito Santo é uma Pessoa Divina: Ele é Deus

Em toda a Bíblia podemos ver claramente que o Espírito Santo é o próprio Deus. Os atributos que a Bíblia confere ao Espírito Santo não deixam dúvidas quanto a isto.

Vejamos alguns exemplos: Ele é eterno: Hb 9:14; Ele é Todo Poderoso: Lc 1:35; Ele é omnipresente: Sl 139:7; Ele é chamado Deus: At 5:3; Ele é criador: Gen 1:1(Elohim).

Ronaldo Didini é pastor, jornalista, radialista, escritor e apresentador. Ficou conhecido em todo Brasil por apresentar o programa de televisão 25ª Hora, na década de 90, na Rede Record. Atualmente, é gestor e apresentador do Canal 21.

Siga-nos

Mais do Guiame