O papel do Intérprete de LIBRAS na inclusão das pessoas com deficiência.

O papel do Intérprete de LIBRAS na inclusão das pessoas com deficiência.

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:24

Atualmente, o tema da inclusão está muito em voga, pois buscamos a concretização de um sonho, de um Brasil inclusivo, onde é possível uma sociedade para todos. Tendo como referência a nova concepção de pessoa com deficiência, pactuada e validada pelos próprios atores sociais, o Intérprete de LIBRAS é uma ferramenta poderosa para a inclusão dessas pessoas, visando à sua inserção na vida produtiva, cultural, educativa, social e política, ou seja, que tenha direito à participação efetiva na vida societária.

O profissional Intérprete da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), bem como qualquer outro intérprete, precisa ter o domínio dos sinais e principalmente da língua falada do seu país, no nosso caso, o Português, pois há diversas situações nas quais são necessárias as duas.

A nossa sociedade é feita de ouvintes e para ouvintes, na qual os surdos são minoria, por isso, o intérprete é uma peça fundamental para união dos mundos envolvidos que, pela experiência que tenho de quase 12 anos junto à comunidade surda e, principalmente agora, com a propagação da inclusão, vejo que os mundos envolvidos ultrapassam o dos surdos e ouvintes, mas englobam as pessoas com deficiência de um modo em geral.

Temos visto que na maioria das vezes a comunidade surda não tem o direito de exercer a sua cidadania, sem participar das atividades sociais, educacionais, culturais e políticas do país devido à ausência do intérprete. Para a formação do mesmo faz-se necessário um embasamento teórico e principalmente prática na tradução, Português-LIBRAS, bem como, LIBRAS-Português. As áreas de atuação do intérprete de LIBRAS são variadas, em sua maior parte, em eventos (palestras, congressos, seminários, fóruns, encontros), instituições de ensino, área médica e judiciária, igrejas e atividades do dia-a-dia.

Tem-se falado bastante nos tempos atuais sobre a inclusão, mas o que vemos, na realidade, é uma grande exclusão, pois muitas das instituições ainda negam o acesso do cidadão surdo ao conhecimento, ou seja, negam a contratação do intérprete. Escolas, faculdades, empresas, serviços públicos necessitam urgente da presença desse profissional que, atualmente, vem conquistando o seu espaço.

Alguns itens são muito importantes para a atuação de um intérprete, como por exemplo, ter uma formação específica, ética profissional, fidelidade à interpretação, imparcialidade e discrição em todos os sentidos. Ter o domínio de outras línguas também, como o inglês, espanhol e até mesmo do Braille.

A ação desse profissional é uma ferramenta riquíssima na integração e valorização dessas pessoas surdas, por isso, o maior aprendizado não vem apenas de um curso de LIBRAS, mas principalmente, do contato diário com a comunidade surda, conhecendo toda uma cultura que envolve o ser surdo, as leis que asseguram os nossos direitos, bem como, deveres de uma profissão.

Muitos intérpretes fecham as portas do conhecimento e isolam-se apenas no mundo dos surdos. Sabemos que a surdez é um subitem inserido em um âmbito bem maior, num grande tema, o da inclusão e acessibilidade para todos, não apenas no nível arquitetônico, mas social, educacional, o da comunicação. Se eu, enquanto intérprete, busco uma sociedade mais igualitária e defendo a bandeira da minha classe, posso também da mesma maneira, levar e defender a bandeira dos cadeirantes, cegos, autistas, síndrome de down, etc. Afinal, ser intérprete significa se alegrar com a vitória do outro, é chorar junto no momento de dores, tendo uma frase como lema – talvez ultrapassada para muitos – que a união ainda faz a diferença.

Depois de 11 anos de trabalho com os Surdos na área da educação, ensino cristão, música em sinais, coral e dança com surdos, hoje, consigo enxergar e abrir o meu leque de vida para outros horizontes ainda não explorados: curso de Braille, visitas às entidades que atendem outras deficiências, leituras e leis acerca da pessoa com deficiência, participar de eventos não apenas como um intérprete de LIBRAS, mas principalmente, como um ser ativo, criticando, opinando, construindo todo um alicerce. É isso que tenho feito. Para muitos, significa apenas uma questão momentânea, para outros, é esquecer um trabalho passado em prol dos Surdos e a LIBRAS, mas para mim, significa abrir as portas do conhecimento e construir possibilidades, em conjunto, para uma sociedade mais justa, igualitária, acessível e inclusiva.

Para muitos que estão aprendendo a língua de sinais e pretendem ser intérpretes, precisam ter em mente que o retorno financeiro não é o fator primordial desta profissão, mas sim, envolve-se na causa da surdez como um todo, bem como, lutar pelas outras classes também. Vale ressaltar que o trabalho voluntário e beneficente fazem parte da vida de um intérprete de LIBRAS.

Durante esses anos de trabalho de divulgação da LIBRAS em diferentes programas de tv, entrevistas em jornais e revistas, apresentações culturais e artísticas, muitos momentos foram inesquecíveis, mas com certeza, duas apresentações marcaram os corações de quem estava presente e/ou assistindo: a tradução do Hino Nacional em LIBRAS juntamente com o saxofonista Bruno Gomes, cadeirante; e também a tradução de uma música popular em sinais na voz de cantor cego. Momentos como estes são provas vivas de que é possível, sim, trabalharmos juntos com amor e profissionalismo, respeitando as diferenças e os limites do outro.

Nilton Câmara de Oliveira   é Membro da Comunidade Cristã Videira; Coordenador do Grupo de Dança Surdos Videira; Mestrando em Lingüística Aplicada (UECE - Universidade Estadual do Ceará), Graduado em Letras (UNIFOR - Universidade de Fortaleza), Especialista em Linguistica e o Ensino da Lingua Portuguesa (UFC - Universidade Federal do Ceará), Bacharel em Teologia (STBC - Seminário Teológico Batista do Ceará), Intérprete Profissional de LIBRAS há 12 anos; Aprovado no PROLIBRAS (MEC): Proficiência em Tradução e Interpretação na categoria fluente em LIBRAS e Proficiência no uso e no ensino da LIBRAS - ambos em nível superior completo.

Site:  www.niltoncamara.net

Contatos:   contato@niltoncamara.net

(85) 9969.4059

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame