Glória de Plástico

Glória de Plástico

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:27

Acabamos de nos mudar mais uma vez. Essa foi a décima segunda em seis anos de casados. A cada mudança fazemos aquele velho descarte, jogando objetos fora ou doando aquilo que vai servir para outra pessoa. O acúmulo de coisas nos faz mal e nem temos como armazenar tantas coisas.

Entre essas coisas encontramos algumas das quais temos um apego bem maior, coisas que carregam lembranças e histórias que merecem ser lembradas para toda vida, objetos como meus troféus. Carrego meus troféus comigo há algum tempo, lembrando os dias de glória. Sou competidor desde meus onze anos de idade e agora aos trinta e dois vejo que é hora de descartar mais alguns (já descartei a metade). São corruptíveis! Se acabam!

Apesar do valor histórico e até emocional, eles quebram, ficam feios, envelhecem e se tornam peso morto dentro de casa. Meu coração fica um pouco triste, mas logo me lembro que já tenho o que há de mais precioso, as coisas mais importantes que um homem pode ter: uma linda família, amigos verdadeiros, uma vida saudável, Deus cuidando de nós a cada instante com muito amor e o mais importante de todos os prêmios, o eterno: ''a vida eterna'' (presente conquistado por Jesus cristo na cruz).

Me lembro das sábias Palavras do Senhor Jesus, que se encontram no livro de Mateus capítulo seis do verso dezenove ao vinte e um, que diz: ''Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam; porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração''.

Lembro-me do dia em que ganhei um carro zero km em um campeonato, que emoção! Mas o carro ficou velho com o tempo e por fim foi roubado e depenado. Chato né? Ele nem tinha seguro... acontece! Era uma ''coroa corruptível''.

Meu coração se alegra ao saber que mesmo que as coisas materiais passem, sejam destruídas e envelheçam ao longo do tempo, tenho o prêmio maior guardado com Jesus Cristo. Por esse sim vale apena lutar, pois esse é eterno e de valor incomparável. É incorruptível, não se acaba nunca!

Para finalizar quero deixar para todos as Palavras do apóstolo Paulo que diz: ''Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível''.  1Coríntios 9:25

Que sejamos como estes que lutam para conquistar o prêmio eterno que será entregue no ''grande dia'' aos que crêem no nome do Senhor Jesus Cristo.

Imagem: Marquito Santos  

Marquito é formado em teologia pelo Seminário Presbiteriano do Norte, membro da Missão Surfistas de Cristo no Brasil, da Missão Internacional de Surfistas de Cristo, pastor e professor dos jovens da Igreja Presbiteriana de Fortaleza, além de escrever para o site Em Foco Surf.

Siga-nos

Mais do Guiame