Dízimos e Ofertas - Parte 4

Dízimos e Ofertas - Parte 4

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:27

Ainda que Deus tenha nos dado uma ordem = "TRAZEI", o Senhor quer de nossa parte atitudes sinceras de: amor, obediência, adoração, gratidão, de louvor e acima de tudo que entendamos que nossas atitudes ao devolvermos o dízimo, devem ser atitudes: de fé, de confiança e de um coração agradecido que dizima não por obrigação, muito menos sem entendimento do que, e do porque está executando tal ação.

"Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na Minha casa, e provai-Me nisto, diz o Senhor dos exércitos, se Eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós bênção sem medida", MALAQUIAS 3:10.

Ao devolvermos os nossos dízimos e entregarmos nossas ofertas mostramos nossa confiança e fidelidade ao Senhor. Ninguém pode ser bem sucedido se diz que tem fé, mas não é fiel. Não pode haver fé sem fidelidade, e nem fidelidade sem dízimos e ofertas!

Não adianta repreender o devorador, na vida do cristão que não é fiel nos dízimos e nas ofertas. Uma pessoa que come suas sementes é infiel e o resultado desta infidelidade será: insucesso e escassez, JOÃO 12:24 "... Se o grão de trigo caindo na terra não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto".

Deus nos dá tudo, mas não pede tudo, Ele nos orienta a devolvermos 10% de nossa renda e nos deixa ficar com 90% dela, e promete àqueles que devolverem aquela parte que designou como dEle, que irá abrir as janelas do céu, e promete ainda mais: "Por vossa causa repreenderei o devorador, para que não vos consuma o fruto da terra; a vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos", MALAQUIAS 3:11.

Deus é tremendo e a Sua aritmética não é igual a nossa. Os 90% de nossa renda com a bênção do Senhor, são mais do que os 100% da renda sem a sua benção.

O dízimo, em primeiro lugar deve ser devolvido a Deus, porque O amamos, antes de todas as coisas.

Não podemos ofertar e reter os dízimos para administrá-lo como desejarmos. Isso é contra a Palavra de Deus.

O dízimo deve vir antes da oferta, e as ofertas que não são precedidas do dízimo não promovem prosperidade.

O dízimo fala de fé e abre as janelas do céu. A oferta fala de prosperidade e determina o que, e o quanto iremos colher, 2ª CORÍNTIOS 9:6 "Mas digo isto: Aquele que semeia pouco, pouco também ceifará; e aquele que semeia em abundância, em abundância também ceifará". Quando devolvo o dízimo me mostro fiel e mantenho aberta a porta da provisão e nunca vai faltar pão para minha casa. E, aAo ofertar eu estou semeando para garantir as próximas colheitas. Essas ações mostram nossa obediência e por meio dela a prosperidade de Deus nos alcança "Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, e pão para comer, também dará e multiplicará a vossa sementeira, e aumentará os frutos da vossa justiça", 2ª CORÍNTIOS 9:10.

Avançando em nosso estudo vamos falar agora sobre as

Ofertas.

Ofertar é andar em amor.

Entretanto, não devemos ofertar por causa de nossas emoções e sentimentos. Mas, por obediência e fidelidade a Deus, e baseados nos princípios que regem a prosperidade bíblica. Precisamos entender que o nosso compromisso com a igreja, o Corpo de Cristo, nossos irmãos, é, também, um compromisso financeiro.

Deus nos incentiva a dar e ofertar, e nos ensina que não devemos juntar tesouro aqui na terra, porque isso é corruptível, MATEUS 6:19 a 21 "Não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração".

Não devemos nos apegar ao dinheiro, porque o mesquinho e miserável é aquele que não gosta de dar ofertas. Ele não oferta porque não tem. Ele não oferta porque é escravo do dinheiro!  MATEUS 6:24 "Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas".

Devemos decidir servir a Deus e não ao dinheiro.   

Esse estudo irá continuar na parte 5...

em amor,   

Roberto e Eleni

Luiz Roberto e EleniMaciel são diáconos e líderes da Secretaria de Missoes da Igreja Evangélica Verbo da Vida São Paulo - Zona Leste, no bairro de Vila Matilde, liderada pelo pastor Eliezer e Georgia Rodrigues. São formados pelo Seminário Bíblico Verbo da Vida e pelo Centro de Treinamento Bíblico Rhema Brasil.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame