Educar sem estragar

Educar sem estragar

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:31

Educar sem estragar...

Nesta coluna, vamos conversar sobre como educar os filhos desde bebês, não sentir-se culpada pela falta de tempo, desenvolver ações de disciplina e estabelecer limites. E ao mesmo tempo, dar atenção sem exagerar nos mimos e controlar a televisão.

Muitas vezes, vemos bebês fazendo birras. Como lidar com isso, quando a criança nem sabe falar ainda?

Mesmo quando a criança não sabe falar, ela entende tudo o que acontece em volta dela. Os pais não devem subestimá-las, mesmo quando são bebês. O primeiro a fazer é ver se a criança está com fome, frio, suja ou com algum problema físico. Se está tudo ok, é birra, nesse caso se deve falar firme e deixar chorar, ignorando a birra até que passe. Lembre-se que a criança vai estar sempre testando até onde pode ir com as manhas e as birras.

Com tão pouco tempo disponível para acompanhar o crescimento dos filhos, como os pais podem desenvolver ações de disciplina e estabelecer limites sem se sentirem culpados por "gastar" as poucas horas que passam juntos com regras e broncas?

A primeira coisa a fazer é tirar essa culpa, que não os deixa agir da maneira correta. A responsabilidade da educação dos filhos é dos pais e isso deve ser feito no tempo que eles têm disponível para estar com eles. É pelo bem de seus filhos.

Como fugir da "culpa" pela ausência e não "estragar" as crianças com mimos excessivos?

Repito, o segredo está em se livrar da culpa. Já que a ausência é devido à necessidade de trabalhar do casal. A atenção é muito importante para os filhos, mas os mimos estragam o comportamento da criança.

Até que ponto os programas de televisão podem ser benéficos para a educação das crianças e como os pais podem participar dessa atividade de maneira construtiva?

Os pais precisam supervisionar a TV para seus filhos. Selecionar os programas que os filhos assistem, os horários e o tempo que as crianças podem ficar na frente da TV. Tem programas que são instrutivos e que estimulam a criatividade e o raciocínio.

Apesar da televisão não ser a forma mais adequada de preencher o tempo da criança, os DVDs educativos são recomendados?

Os DVDs educativos são recomendados. Mas mesmo assim deve se controlar o tempo que podem passar assistindo os mesmos e tentar ocupá-las com outras atividades recreativas, como jogos, livros, etc.

Um abraço,

Cris Poli

Cris Poli é educadora há 40 anos. Apresentadora do Reality Show Super Nanny, no SBT e autora dos livros "Filhos Autônomos, Filhos Felizes" e "Pais separados, filhos preparados".

Siga-nos

Mais do Guiame