Santidade, oração e arrependimento

Santidade, oração e arrependimento

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:31

"Se o meu povo que se chama pelo meu nome se humilhar e orar e me buscar, se o meu povo que proclama o meu nome, dos seus caminhos maus se desviar então eu ouvirei... perdoarei... sararei..." 2 Cr. 7.14

Aprendemos que Jesus foi quem cumpriu cabalmente o versículo acima e por causa dEle Deus ouve, perdoa e nos sara. Humilhou-se. Paulo confirma isto de maneira poética em Fl. 2.5-11: "se humilhou até a morte e morte de cruz", mesmo não havendo nada de poesia na cruz, e também nos ensinou a orar, fazendo da teoria de 2Cr. 7.14 a prática de sua vida. Ele buscava a face do Pai todo o tempo. Com isto, nos chamou a viver uma glória maior do que a vista por Salomão na inauguração do Templo: a glória da segunda casa, ou a segunda glória. Não a glória entre as paredes de ouro do templo, mas no interior do coração do crente.

Mas Ele não cumpriu a parte seguinte do texto que fala de "se desviar dos seus maus caminhos". Ele não tinha como obedecer a esta etapa, pois Ele em tudo foi tentado, mas sem pecado.

Tendo Jesus como nosso modelo, precisamos estar em oração. No livro "Por que tarda o avivamento", o autor afirma que não sabemos orar e isto é o diferencial. Imagine apenas os líderes das igrejas, cada qual em seus lares, mas unidos debaixo do manto do Espírito Santo, como em um grande templo espiritual, adorando ao Senhor e buscando a sua face, olocando diante dEle pedidos e súplicas da igreja e necessidades da nação.

Mas, ao contrário do Senhor Jesus, temos que nos arrepender. Temos que nos desviar de muitos maus caminhos, de muitos atalhos por onde decidimos abandonar a estrada da oração e humilhação. Quando pulamos estas etapas do caminho, deixamos de estar seguindo rumo à santidade e vamos fazendo do nosso jeito. E, sem buscar a face do Senhor a glória se vai. Do nosso jeito parimos "ICABODE". Se nossa luta, mesmo com a arca diante de nós, for do nosso jeito, vai-se a glória de Israel.

Estamos em oração para que o plano de Deus que é especial, e por isso Jesus o seguiu com a intenção de que viesse sobre nós o perdão, a cura e transformação de vidas, cumpra-se em nosso país tão carente de santidade, mesmo com uma lista tão grande de santos católicos e evangélicos.   

Cleydemir Santos é pastor, psicólogo, escritor e teólogo em Minas Gerais. Trabalha com uma abordagem sistêmica, psicodramática, no atendimento de adultos e crianças.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame