As bênçãos de Deus sobre aqueles que o buscam e o adoram - Parte 2

As bênçãos de Deus sobre aqueles que o buscam e o adoram - Parte 2

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:24

O QUE FAZER ?

Creio que sempre foi o tempo de verdadeiros adoradores tomarem conta da terra, fazendo a diferença em primeiro lugar, por aquilo que vivem em seu dia a dia, olhando para os preceitos de Deus, e mudando a sorte das nações. Deus sempre quis seus filhos, seu povo perto dEle, e por isso sempre levantou seus profetas para acertar o coração do seu povo, afim de que vivesse as promessas, dentro de um plano de que era necessário olhar para a sua Palavra. Então sempre esteve no coração de Deus ver seu povo abençoado, mas a inclinação do coração do homem, por várias gerações tem o afastado daquilo que necessita, a benção. O que mais necessitamos então, desesperadamente, é buscar a face do Senhor, e colocarmos Ele em seu único lugar, como o primeiro, o único digno de todo louvor e toda honra. Amá-lo com tudo que temos e com tudo que somos, sendo mesmo amado com toda a nossa alma, e com toda a nossa força, vivendo a cada dia para o seu louvor e para a sua glória.

Tenho certeza que se fizermos assim, Ele sempre estará na frente de qualquer benção, sendo um Deus adorado, amado, e digno de toda honra e glória. Nós temos 4 filhos, e o que eu e Fernanda temos ensinado a eles em tempo e em fora de tempo, é que Deus sempre tem que estar em primeiro lugar, e á partir disso , tudo vai se formado na vida deles, inclusive as bençãos que por muitas vezes esperam, tanto para eles, como para nós. Tenho visto que a realidade deles em princípios como ter comunhão com Deus e sua Palavra, com pessoas, no meio da Igreja, na família, em meio aos amigos, no tempo que eles tem no dia a dia, em tudo que eles já ganharam de presentes, nos cultos, em seus dízimos e ofertas, com seus líderes, enfim, em tudo, Deus tem sido o primeiro, e nunca um ser que vive, que é real, para somente satisfazer os desejos dos seus corações. Falando ainda um pouco de nós, em um momento de minha vida estava cobrando minha esposa, alguns resultados que ela estava trabalhando com o Ministério Castelo Forte, e em meio a todas as cobranças ela me disse:

Amilcar ! Agrada-te do Senhor e Ele satisfará os desejos do teu coração! Uauuuu ... essa Palavra entrou mesmo como uma espada de dois gumes em meu peito, atravessou minha alma, e me fez ver no espírito, que eu necessitava muito mais buscar a face do Senhor, e cumprir seus mandamentos, que certamente eu veria tudo aquilo que naquele tempo eu gostaria de ver, e estava cobrando resultados de algo que esta ligado ao meu chamado, ao nosso ministério. Muitas vezes somos uma metralhadora de cobranças, queremos viver cercados de grandes bençãos, queremos nossos problemas resolvidos, mas esquecemos do principal, que é agradar a Deus. O que faremos irmãos ? Buscaremos sua face e viveremos os seus mandamentos, ou seremos uma metralhadora de cobranças, de esperança, daquilo que necessitamos em nossas vidas? Em nome de Jesus viveremos o seu grande amor.

2) Amar ao próximo - Esse é o segundo mandamento, onde Jesus é muito claro com o Escriba, em Marcos capítulo 12, dizendo que o segundo mandamento é semelhante ao primeiro, pois fomos chamados para amar ao próximo com a nós mesmos. Hoje existe uma febre em amarmos a nós, darmos o maior tempo de nossas vidas para nossas coisas, e o resultado é o egocentrismo crescendo mais e mais, deixando o homem só, e amante de si mesmo. O resultado desse amor por si, é a falta da Igreja se envolver naquilo que mais Deus ama, que são vidas. Podemos com isso dizer que o deserto que muitas pessoas entram, perdendo a direção daquilo que mais o Senhor tem esperado de nós, é pelo fato de não fazerem em seu dia a dia, aquilo que Ele mais tem esperado, "amar vidas".

Precisamos acordar para isso, e nos alistarmos em um reino que produz resultados, que interage conosco em nos abençoar, e esquecermos definitivamente, de sermos uma Igreja fria, calculista, e estagnada em seus próprios sonhos, e não nos sonhos de Deus, pois que vive os planos do Senhor, amando o próximo, é um grande candidato a ter um ano novo extraordinário. Existe uma expectativa latente no mundo em ver a manifestação dos filhos de Deus, e por muitas vezes eu tenho me perguntado qual seria a melhor forma do mundo conhecer a Deus, a não ser pelo amor. Hoje muito se fala, mas pouco se ama. Não quero generalizar nada, ou tão menos julgar, mas infelizmente é nítido ver que João está correto em dizer em sua epístola, que não devemos amar de palavra (língua), mas de fato, e de verdade.

Nesse mundo emergente, conselhos, o muito falar, o muito diagnosticar, tem se tornado até vulgar, pois quando temos fome queremos comer, quando temos frio queremos uma coberta, e quando temos sede, queremos beber algo. Nossa retórica não vai matar a fome de ninguém, e nosso muito falar, não vai resolver muita coisas, mas quando praticamos o amor, o Senhor vê, pois em sua Palavra está escrito, que existirá um dia, que Ele mesmo vai separar, os que muito falaram, ou que só profetizaram, ou só curaram, mas não fizeram o principal, que á amar. Nossa oração tem sido que em 2010, possamos romper com as barreiras, e fazermos algo que vai nos assegurar, que esse ano que vem vai ser diferente de todos, pois a Palavra de Deus diz:

22 E qualquer coisa que lhe pedimos, dele a receberemos, porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos o que lhe é agradável (1 João 3:22).

3)  Semeadura - Quando eu aceitei a Jesus como meu único e suficiente Salvador, comecei a aprender com meus discipuladores, algumas coisas que até então eu não conhecia, ou melhor dizendo, já tinha ouvido falar, mas de uma forma deturpada, diabólica, e bem racional. Naqueles dias eu me lembro de que todo o mês eu via meu amigo Paulo, com seu envelope de Dízimo entregando no gazofilácio da Igreja. Eu percebi depois de alguns meses que era um hábito na vida dele, mesmo com a pouca idade que tinha na época. O que meu amigo estava fazendo era o que Abel fez, Abraão, e tantos homens da fé, que construíram suas vidas, fundamentados na Palavra de Deus. O princípio de Deus se estabelece em nós, quando damos ouvido a sua voz, e praticamos aquilo que esta em seu coração, seus mandamentos, sua palavra, seu conselho.

Princípios, lembram que já escrevi isso, são como um trilho de trem, onde sem eles o trem não tem direção, ou, se eles se confundem em seu trajeto, os vagões do trem, ficam sem o sentido de sua rota e trajeto. O exemplo disso é que sempre vi no meu amigo Paulo, um vagão bem direcionado e muito bem definido nesta área, e usando o exemplo do trilho, a vida profissional e financeira estava certamente governada por Deus, e tinha uma direção, um trajeto, e por fim a chegada no local determinado. Ele hoje é um grande empresário, que prosperou aqui na terra, e esta vendo com seus próprios olhos, os princípios de Deus sendo seguidos, e o respaldo com isso, daquilo que chamamos de bençãos. Você já percebeu como existem muitas pessoas que vão aos cultos, que falam que são cristãos, ou crentes, e a vida profissional e financeira é um autêntico desgoverno dos princípios de Deus? O perfil dessa amada pessoa, é de uma vida financeira sempre com altos e baixos, assim como nos dias de Juízes, onde Deus estabelece-os, porque sobre seu povo havia muitos altos e baixos, devido não olharem para o conselho de Deus, e se estabelecerem Nele. O estabelecimento desses Juízes se dá ao fato do povo não ter paz, em viver a Palavra que vem da boca de Deus. Muitos vivem assim, e eu costumo dizer que muitas pessoas assim já até receberam uma profecia no culto de oração que sua vida profissional iria mudar, mas nunca muda, ou não se estabelece, porque não conseguiu ainda viver a intensidade da Palavra, e nós estamos aqui para te ajudar a entender, e buscar uma prática diária. O que a palavra diz, em um texto conhecido e marcado por muitos, é o de Malaquias 3:10.

10 Trazei todos os dízimos a casa do tesouro, para que haja mantimento em minha casa, e depois fazei prova    de mim disso, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas dos céus, e não derramar sobre vós uma benção tal até que não haja lugar suficiente para recolherdes. (Malaquias 3:10)

Não existe nessa Palavra nenhuma variação, ou uma interpretação qualquer, existe sim uma direção de que os dízimos e as ofertas pertencem a uma só pessoa, Deus. Isso porque se trata de um princípio de Deus, que o homem de tudo que ganhar, ou possuir, estará honrando ao Senhor com seus dízimos, significando a honra do homem em cumprir um mandamento do Senhor, e a oferta, como amor, generosidade, de tudo aquilo que Deus tem liberado sobre nós. O cumprimento disso, nos respalda em dizer que nossa vida financeira em 2010 será amplamente abençoada, onde veremos as janelas dos céus sendo abertas diariamente, e as bençãos do Senhor sendo de tal maneira, que não teremos lugar para guardar tudo que será nos dado. Prefiro lhe dizer que 2010 será assim, porque você decidiu mudar seu novo ano, observando os princípios de Deus, e os praticando assim sua Palavra, do que te dizer, que vai ser um novo ano, somente porque, eu, ou qualquer um outro profeta de Deus dessa nação, está crendo em algo que vai ser liberado.

Sem dúvidas, o que está acontecendo, é um despertar de Deus em nossa nação, e muitos serão abençoados, porque estão firmes em viver a Palavra do Senhor. Deus abençoe grandemente seu novo ano, em nome de Jesus.

Amilcar Sampaio é pastor, líder do Ministério Castelo Forte e do Adora, projeto que tem percorrido todo o Brasil e as nações, profetizando que é "tempo do tabernáculo de Davi ser restaurado e levantado para que o amor de Deus seja vivido em sua essência, conquistando cidades e nações". Conferencista Internacional, tem dedicado sua vida ao discipulado de muitos líderes, reiterando que é hora de a Igreja estar unida em um mesmo propósito. Sampaio é casado com Fernanda Sampaio - médica veterinária e pastora, e pai de 4 filhos: Matheus, Hannah, Davi e Nathan.

Contato

www.ministeriocasteloforte.com

Conheça o Adora

www.geracaoadora.com

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame