MENU

Geral

Dúvidas de um adolescente: Como eu devo tratar meus amigos gays?

O autor e palestrante Jim Burns explica que Deus não faz distinção dos pecados sexuais, e que você deve tratar seus amigos com amor – sendo honesto com suas crenças.

Fonte: Guiame, com informações de Ignite Your FaithAtualizado: quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 14:17

 

Dúvidas de um adolescente: “Eu entendo que a Bíblia não aprova a homossexualidade, mas como faço para tratar os meus amigos que são homossexuais? O que eu digo a eles? Como posso explicar a quem não é cristão que eu acredito que isso é errado, sem ser ignorante?” 

A Resposta: Os cristãos têm decisões difíceis de serem tomadas nas amizades, porque somos chamados a fazer duas coisas: 1) amar as pessoas e 2) representar o que a Bíblia diz. O que devemos fazer com as pessoas que não vivem da maneira que Deus quer?

De certa forma, é simples: Mostre a eles o mesmo amor e respeito que Cristo mostraria. Jesus odeia o pecado, mas ama os pecadores. Todas as pessoas têm pecado em suas vidas, mas isso não significa que tenham menos valor para Deus. Portanto, não importa em que o pecado as pessoas estejam envolvidas, elas ainda valem o amor de Deus. Trate os seus amigos homossexuais da mesma forma que você trata seus amigos heterossexuais que são sexualmente ativos. Você pode mostrar o amor a alguém ainda que não aprove o que eles façam.

Meu amigo Bill é homossexual. Depois que Bill me contou sobre o seu estilo de vida, eu o convidei para almoçar. Mesmo que eu não concordasse com sua opção de vida, eu disse a ele que ainda poderíamos sair juntos.

Quando Bill me perguntou sobre minhas crenças sobre a homossexualidade, eu disse que eu acredito que a Bíblia é a Palavra de Deus e tem 17 referências ao pecado sexual. Fiz questão de mostrar a Bill que apenas três destas referências são sobre a homossexualidade. Isso não significa que Deus não está preocupado com a homossexualidade, mas apenas que a homossexualidade não é pior do que outro pecado sexual. Todas as práticas sexuais fora da palavra de Deus são pecado.

O melhor é que Bill me pediu para mostrar essas referências (Romanos 1:18-32 , 1Coríntios 6:9-11 e 1Timóteo 1:9-11), para que ele pudesse procurar na Bíblia. Depois de ler, ele queria falar mais sobre isso.

Bill não mudou seu estilo de vida, mas ele sabe que eu valorizo ​​nossa amizade. Quando ele se abriu para me escutar, contei a ele testemunhos de pessoas que saíram desse estilo de vida e agora estão felizes no casamento com a esposa e seus filhos.

Como você está mostrando a amizade e o amor de Deus a um amigo, não se esqueça também de falar sobre isso com um cristão adulto que você confia para que ele verifique se de que você está lidando com isso com maturidade e amor, e ver se há alguma coisa que você pode fazer.

Talvez você não se sinta confortável em ajudar seus amigos imediatamente. Tudo bem. A melhor coisa que você pode fazer é continuar sendo honesto com ele sobre o que você acredita. E este princípio deve se aplicar a qualquer amizade que temos com um não cristão.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame