Sistema iOs 8 é apresentado para iPhone e iPad

Fonte: Globo.comAtualizado: quarta-feira, 4 de junho de 2014 15:50
Vice-presidente de Software e Engenharia, Craig Federighi, mostra alteração no sistema operacional de iPhones em conferência de desenvolvedores.
Vice-presidente de Software e Engenharia, Craig Federighi, mostra alteração no sistema operacional de iPhones em conferência de desenvolvedores.

ios 8Os iPhones e iPads receberão um novo sistema operacional, o iOS 8, ainda em 2014. O novo software foi apresentado pela Apple nesta segunda-feira (2), em evento em San Francisco (EUA). Entre as novidades estão um recurso chamado "HealthKit", que concentra dados de aplicativos da área da saúde, e um serviço chamado "HomeKit", para permitir que os aparelhos da Apple controlem dispositios da casa como fechaduras inteligentes, termostatos e até a iluminação.
A empresa também apresentou o novo sistema dos Macs, o MacOS X Yosemite, e o serviço de nuvem iCloud Drive. Assim como o iOS 8, o novo MacOS chega ao consumidor no final de 2014.

O visual do iOS 8 é similar ao do iOS 7, sistema lançado em junho de 2013 que mudou os ícones dos aplicativos, deixando-os mais limpos.
Uma das novidades na atualização é que, ao receber uma notificação de mensagem, exibida no topo da tela, o usuário não precisa abrir o aplicativo e pode respondê-la ali mesmo. O recurso não funciona apenas no iMessage, app de mensagens da Apple, mas também nas plataformas de terceiros como WhatsApp e o Facebook --neste caso, é possível curtir ou responder a uma mensagem sem acessr o programa. Também há novas funcionalidades que usam gestos para responder convites nos apps da agenda e no de e-mails.
O recurso de pesquisa do iOS 8 foi importado do novo Mac que facilita as buscas inclusive por aplicativos que não estão no aparelho. Há um novo sistema de teclado chamado QuickType, que sugere palavras para o usuário incluir em uma mensagen à medida em que ele digita um texto. Também será possível atender a chamadas telefônicas do iPhone no iPad, que deve estar conectado via Bluetooth ao smartphone da Apple. O mesmo vale para os Macs com o novo sistema da empresa.

O iMessage ganhou melhorias que o aproximam do WhatsApp, do Facebook. Será possível mandar e receber mensagens de áudio e de vídeo --estes conteúdos poderão ser acessados sem abrir o aplicativo.
Com o "HealthKit", a Apple foca na saúde. O recurso monitora dados de outros apps voltados à saúde --seja um aplicativo para corrida ou para o controle da diabetes-- e reúne tudo em uma única área. A empresa diz que a privacidade do usuário será mantida. Já o "HomeKit", que permitirá aos usuários controlarem uma casa conectada, será integrado com a assistente digital Siri. Com comandos de voz, o usuário poderá "pedir" que ela apague as luzes da casa, por exemplo.
A empresa também apresentou o recurso Family Sharing, com o que os usuários poderão compartilhar com até seis pessoas da família arquivos, como fotos, ou conteúdo do iTunes, como música e filmes. Esta novidade permite que os pais controlem as compras de apps feitas pelos filhos: quando uma criança tenta comprar um jogo, o Family Sharing envia uma mensagem para o iPhone do pai, que pode liberar ou não a compra.

Ao abrir qualquer aplicativo, é possível acionar a janela do iCloud Drive e baixar um texto ou gráfico para ser utilizado em um trabalho, por exemplo. Para games, a Apple apresentou o recurso Metal, que melhora em dez vezes a performance dos jogos em aparelhos da empresa equipados com o processador Apple A7. Estúdios conseguem criar games com visual em 3D próximo dos videogames.
Durante a abertura da Worldwide Developers Conference (WWDC) 14, a Apple afirmou que já vendeu mais de 800 milhões de dispositivos iOS, sendo mais de 500 milhões de iPhones e acima de 200 milhões de unidades do iPad.
Tim Cook aproveitou o evento para cutucar o Google e o sistema operacional Android. Ele afirmou que 130 milhões de pessoas compraram um dispositivo Apple no último ano, e que muitos desses clientes tinham um Android antes. "Eles compraram um Android por engano... e procuraram uma experiência melhor, e uma vida melhor".
Novo MacOS X Yosemite
A Apple apresentou também seu novo sistema operacional para computadores, o Mac OS X Yosemite, que traz mudanças gráficas e novos serviços aos computadores iMac, Macbook e MacPro.

As barras, ícones e janelas mudaram e há transparências que permitem que arquivos e imagens sejam vistos por detrás destas barras. Os ícones dos programas foram todos criados do zero e trazem um visual mais atualizado e limpo. Há um "modo escuro", onde não haverá avisos de outros programas aparecendo para destrair o usuário.
As buscas do Spotlight mudaram e aparecem no meio da tela. A pesquisa para encontrar arquivos específicos está mais rápida. Buscas por conteúdo da web podem ser feitas por meio deste recurso, o que dispensa, por exemplo, o acesso ao navegador. Basta começar a digitar para que o sistema já apresente resultados, a partir da pesquisa na web do Google.

Há um novo centro de notificações, importado do iOS, que permite acesso rápido à agenda do dia e à outras aplicações.
A Apple também lançou um serviço de armazenamento de conteúdo na nuvem, chamado iCloud Drive. Similar a serviços como o Google Drive, do Google, e o OneDrive, da Microsoft, ele será compatível com iPhone, iPad, Macs e PCs com Windows. Foi apresentado um recurso chamado MailDrop. Com ele, os anexos dos e-mails são enviados para o destinatário pela nuvem, usando o iCloud Drive, possibilitando que os usuários troquem arquivos de até 5 GB. Este espaço é gratuito e há planos pagos por a partir de US$ 1 por mês para se ter 20 GB.

Mudanças no navegador Safari, de acordo com a Apple, melhoram a performance da bateria dos notebooks da empresa, principalmente ao usar serviços como o Netflix. Há maior velocidade de acesso aos sites e incrementos visuais ao acessar favoritos ou sites mais acessados.
Já o recurso AirDrop, que permite compartilhar arquivos rapidamente entre iPhones ou iPads, foi levado ao Mac, permitindo troca de dados entre os dispositivos. Outro recusro, o Handoff, permite começar um trabalho no computador e terminá-lo em um iPad ou iPhone, ou vice-versa.
Os Macs agora poderão receber ligações telefônicas. Quando o iPhone recebe uma ligação, aparece um aviso na tela do Mac e o usuário pode atendê-la diretamente no computador. Usando a lista de contatos do computador também será possível fazer uma ligação telefônica. A versão para desenvolvedores do novo MacOS X já está disponível e a versão final será grátis e deve chegar até o final de 2014.

Semana de desenvolvimento
A apresentação da Apple abriu a semana do evento anual voltado para desenvolvedores Worldwide Developers Conference (WWDC), que acontece em San Francisco (EUA), que está em sua 25ª edição.
Os participantes participam de palestras e cursos para criar aplicativos e serviços voltados para o sistema móvel da empresa, o iOS, e para os computadores, o MacOS. pessoas de 69 países participam do evento, o maior já feito pela Apple. Haverá mais de 1 mil engenheiros de software da companhia para ajudar os participantes.
A empresa diz que tem 9 milhões de desenvolvedores cadastrados e cresceu 47% de 2013 para 2013, de acordo com Cook.
O presidente da Apple também disse que enquanto o mercado de PCs caiu 5%, a venda de Macs cresceu 12%, atingindo uma base instalada histórica de 80 milhões de computadores. Sobre a adoção do sistema OS X Mavericks teve 40 milhões de cópias instaladas, o maior lançamento de um sistema operacional da empresa. Em um ano, 51% dos usuários adotaram o sistema. Em comparação, em dois anos, o Windows 8 teve apenas 14% de adoção.

 

Siga-nos

Mais do Guiame