RJ: Programa Saúde da Família quer atender três milhões de pessoas

RJ: Programa Saúde da Família quer atender três milhões de pessoas

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:01

O município do Rio de Janeiro pretende atingir a meta de atender três milhões de pessoas no Programa Saúde da Família até 2012, informou o prefeito Eduardo Paes na manhã desta terça-feira (11), durante inauguração da 25ª Clínica da Família, em Tomás Coelho, na zona norte.

Voltado para a atenção básica e a prevenção de doenças, o PSF foi criado pelo governo federal e é considerado estratégico e prioritário pelo Ministério da Saúde desde 2006. O município do Rio ocupava um dos piores lugares no ranking da população atendida pelo PSF em 2009, quando Paes assumiu.

- Pegamos a cidade com apenas 100 mil pessoas atendidas. Hoje completamos a marca de 1,2 milhão e vamos chegar a 40% da população até 2012.

Para cumprir a meta, a prefeitura ainda deve inaugurar outras 45 clínicas até o final da gestão de Paes. A unidade inaugurada hoje é a primeira da região do Grande Méier e Del Castilho e a 25ª na cidade. A estimativa é que cerca de 20 mil pessoas sejam beneficiadas. Batizada com o nome do sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, a clínica terá cinco equipes médicas e duas de saúde bucal.

Serão oferecidos vacinação, pré-natal, planejamento familiar, exames de raio-x, exames laboratoriais, ultrassonografia, teste do pezinho e acompanhamento médico para hipertensos e diabéticos.

O objetivo central do Programa Saúde da Família é atuar na promoção da saúde e prevenção de doenças, levando em consideração os aspectos ambientais que possam melhorar ou agravar o bem estar da população, como explica o diretor da rede hospitalar federal no Rio de Janeiro, Oscar Berro, presente na inauguração.

- Aqui não vamos tratar de doenças, mas evitar que se fique doente. Equipes de diferentes especialidades médicas são responsáveis pelo acompanhamento de um número definido de famílias, localizadas em uma região definida. As famílias são cadastradas e recebem a visita de agentes de saúde em casa.    

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame