Nova adutora vai beneficiar 1,7 milhão na região de Osasco

Nova adutora vai beneficiar 1,7 milhão na região de Osasco

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:14

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) deve inaugurar em um mês a adutora Jardim Mutinga- Vila Iracema (Osasco), que vai beneficiar cerca de 1,7 milhão de pessoas que moram em Osasco, Barueri, Carapicuíba, Jandira e Itapevi, cidades localizadas na Grande São Paulo.

A adutora, que tem 1,2 metro de diâmetro e está a 24 metros de profundidade, passa por baixo do Rio Tietê e faz parte do programa Metropolitano de Água (PMA) da Sabep. A sua construção utilizou um método não destrutivo, que não exige a necessidade de escavar a superfície. Atualmente, o sistema transporta 1.500 litros por segundo. Com a nova adutora, a rede vai aumentar essa capacidade para 1.900 litros por segundo. O sistema Alto Tietê, que abastece 3,1 milhões de pessoas, terá a sua produção aumentada em 5 mil metros cúbicos por segundo, passando de 10 para 15 metros cubicos por segundo até o começo de 2011. “Vamos aumentar a produção de água em Taiaçupeba, no sistema Alto Tietê, o que vai permitir servir regiões da Zona Leste, que antes eram servidas pelo Sistema Cantareira. Agora o sistema Cantareira vai poder servir a região Oeste e a Norte”, afirma o presidente da Sabesp, Gesner de Oliveira.

O sistema de abastecimento da região metropolitano é integrado, o que permite maior flexibilidade. “O investimento em uma região permite que outros sistemas sejam liberados para fornecer mais água [a uma outra área]”, diz Oliveira.

Postado por: Thatiane de Souza

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame