MST invade 23 fazendas na região do Pontal

MST invade 23 fazendas na região do Pontal

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:00

A ala liderada por José Rainha Júnior contribuiu com o "janeiro quente" do MST (Movimento dos Sem-Terra) invadindo 23 fazendas no oeste do Estado de São Paulo, na madrugada de ontem.

De acordo com nota divulgada pelo líder, foram ocupadas cinco fazendas no Pontal do Paranapanema, outras cinco na Alta Paulista e 13 na região de Araçatuba. Em algumas, os sem-terra não chegaram a entrar, mas acamparam nas porteiras. Um grande acampamento começou a ser montado em Teodoro Sampaio, no Pontal, no centro de uma área de 92,6 mil hectares de terras que seriam devolutas.

Rainha diz ter mobilizado pelo menos 5.000 militantes do MST e de outros grupos, como o Mast (Movimento dos Agricultores Sem-Terra), Uniterra (Unidos pela Terra), MLST (Movimento de Libertação dos Sem-Terra) e Feraesp (Federação dos Empregados Rurais Assalariados do Estado de São Paulo).

As ações vão continuar, segundo ele.

- A jornada deve chegar a mais de 30 latifúndios ocupados ou demarcados para denunciar à sociedade que essas áreas são improdutivas ou devolutas e pertencem à reforma agrária.

O objetivo é cobrar agilidade na arrecadação de terras para assentar 8.000 famílias que estão acampadas.

O comando da PM (Polícia Militar) na região confirmou ter havido grande mobilização de sem-terra na madrugada e manhã de ontem, mas não havia notificação de conflitos. Segundo a PM, em várias propriedades os sem-terra se limitaram a acampar próximo dos portões, sem invadir.  

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame