Diego Alemão: "Passaram a perna em mim na TV"

Diego Alemão: "Passaram a perna em mim na TV"

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:01

Prestes a completar 30 anos, Diego Alemão - vencedor do BBB 7 - se considera atualmente bem mais esperto. Em conversa com o R7, o paulista de São Bernardo do Campo assumiu que foi passado para trás várias vezes depois que saiu do reality show da Globo em busca de um lugar ao sol na TV.

- Passaram a perna em mim na TV. Todo mundo que trabalha com ou para a televisão sabe que o meio televisivo é assim. Mas não vou dar nomes ou citar exemplos. É uma área cheia de casca de banana. Mas a derrota faz parte. Sou um vencedor.

O loiro confessou que agora está mais vivido.

- Não sou mais o garoto que o Brasil viu na TV. No dia 22 completo 30 anos. É claro que o caráter da pessoa não muda. Mas agora estou mais esperto. Meu lema é "devagar e sempre".

Em 2010, o contrato de três anos de Alemão com a Globo terminou e não foi renovado. Ele diz que não guarda mágoa da emissora.

- Estava na geladeira da Globo. Não havia um projeto para mim e não consegui emplacar os que sugeri. Então, não tinha por que eles continuarem pagando um salário para quem não estava sendo aproveitado. Não fiquei chateado com a Globo. Pelo contrário. Sou extremamente grato ao canal. O mercado de televisão é complicado.

Mas Alemão não está fora do ar. Pelo terceiro ano consecutivo, ele comanda, a partir desta quinta-feira (13), às 23h35, o programa A Eliminação, pautado pelo Big Brother Brasil, no canal por assinatura Multishow, da Globosat.

- O Multishow é o laboratório da Globo. Estou com alguns projetos para o canal, mas não tenho a resposta final ainda. Renovei com o Multishow até 31 de dezembro deste ano e gosto deles. Fiquei quatro anos aprendendo a fazer TV. Agora estou começando a emplacar.

Na estreia da nova temporada, o apresentador vai conversar com os novos brothers da 11ª edição. Alemão adianta um pouco como está o clima entre os participantes.

- Eles não têm a menor ideia do que está por vir. Me disseram que não sabem como vão jogar. Mas vai ser bom para a vida de todo mundo, assim como foi para a minha.

Principalmente no setor financeiro, parece. Alemão deixou escapar que tem hoje muito mais do que o prêmio de R$ 1 milhão.

- Não vou falar em valores, mas tenho muito mais do que eu ganhei no programa. Investi em imóveis, construí também. Estou montando uma produtora, tenho restaurante em São Paulo, no Sul, uma pousada no Sul da Bahia, uma balada em São Paulo. Entrei no programa devendo R$ 15 mil e agora tenho uma boa situação financeira.

Tanto que nem precisaria mais trabalhar.

- Já poderia estar aposentado desde os 28 anos. Mas continuo trabalhando. Não sou ambicioso. Poderia ficar sossegado por aí, mas continuo na batalha.

Só falta, agora, o casamento. Par ele já tem.

- Estou namorando há quatro meses com a Priscila. Ela é goiana. Estou bem feliz. Quem sabe é ela?

Por: Giovani Lettiere

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame