Cubatão tenta remover mais de 90 famílias de áreas de alto risco

Cubatão tenta remover mais de 90 famílias de áreas de alto risco

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:00

A Prefeitura de Cubatão, na Baixada Santista, quer remover 93 famílias que vivem em áreas de alto risco na cidade o mais rápido possível. No último sábado (15), as secretarias de Habitação e de Inclusão Social e Cidadania realizaram um mutirão para atualizar cadastros e tentar convencer os moradores a saírem de suas casas.

Com esse cadastro atualizado, o secretário Municipal de Habitação irá apresentar nesta semana ao secretário de Estado da Habitação quais famílias irão aderir ao auxílio-aluguel de R$ 400 até que a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU) entregue os conjuntos habitacionais.

No total, 23 mil pessoas vivem em dez áreas consideradas de risco na cidade. A retirada das famílias dos locais de risco iminente faz parte das ações preventivas de Cubatão, para que não aconteça na cidade uma tragédia como a ocorrida na região serrana do Rio de Janeiro, onde a chuva já causou mais de 670 mortes.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame