Chuva em SP ultrapassa média prevista para o mês de janeiro

Chuva em SP ultrapassa média prevista para o mês de janeiro

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:00

O volume de chuvas que atingiu a cidade de São Paulo entre 1º de janeiro e 1h desta quinta-feira (13) ultrapassou a quantidade prevista para todo o mês. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura de São Paulo, a cidade já recebeu um total de 247,54 mm – ou 103% da média histórica para janeiro, de 239 mm.

Dados no Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), entretanto, apontam 313 mm de chuva em São Paulo durante o mês de janeiro, o que representa 31% a mais do que a média histórica.

Nesta quinta a capital paulista teve apenas pontos de chuva leve durante a madrugada. Entretanto, há previsão de novas pancadas de chuva durante o dia. Como o solo já está encharcado devido à chuva dos últimos dias, o risco de alagamentos e de deslizamentos de terra continua elevado.

Noite

Nesta quarta-feira (12), o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) declaou estado de atenção para as zonas Norte, Leste e Sudeste, o Centro e a Marginal Tietê durante a noite. Não foram registrados pontos de alagamento. Entretanto, por volta das 18h, choveu forte na Zona Norte e no Centro da cidade, principalmente nos bairros do Limão, Casa Verde, Vila Maria, Vila Guilherme, Barra Funda, Mooca e Vila Prudente. Na Grande São Paulo, o temporal atingiu os municípios de São Bernardo do Campo e Santo André, no ABC.

  No Sumaré, Zona Oeste, duas famílias ficaram sem ter onde morar de uma hora para outra. Duas casas na Rua Bruxelas foram invadidas pela água da Sabesp. As equipes da companhia passaram a quarta-feira trabalhando para consertar o estrago. As casas atingidas são vizinhas a um parque onde a Sabesp tem um reservatório. Na chuva de segunda-feira (10), a canalização de águas pluviais se rompeu e derrubou o muro. As famílias tiveram de ser retiradas e as casas, interditadas.

A Sabesp disse que está pagando todas as despesas da reforma e que vai indenizar as famílias. Os desabrigados estão hospedados em um hotel em Pinheiros, na mesma região da cidade.    

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame