MENU

Mundo

Suspeitos de ataque fazem refém e há troca de tiros no norte de Paris

Não há informações confirmadas sobre vítimas da troca de tiros ocorrida nesta sexta-feira

Fonte: terra.com.brAtualizado: sexta-feira, 9 de janeiro de 2015 11:40
suspeitos de ataque
suspeitos de ataque

Autoridades francesas cercaram uma pequena cidade no norte da França com policiais antiterrorismo e helicópteros, nesta sexta-feira, depois que ao menos uma pessoa foi feita refém no local e os dois principais suspeitos pelo ataque ao jornal semanal Charlie Hebdo foram avistados.

O refém estaria sendo mantidos em fábrica do setor gráfico (CTD -  Création Tendance Découverte). Helicópteros sobrevoavam o local e um cerco policial foi montado.

O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, confirmou, separadamente, que uma operação policial estava em andamento na cidade, a cerca de 40 quilômetros do local onda a polícia vinha procurando os dois irmãos suspeitos, na quinta-feira.

"Temos indicações da presença dos terroristas que nós queremos pegar", disse o ministro, Bernard Cazeneuve, a repórteres em Paris, após uma fonte da polícia ter dito que havia ao menos um refém em uma instalação industrial de Dammartin-en-Goele.

"Está em andamento uma operação agora em Dammartin-en-Goele, que está mobilizando todos os serviços na região", disse Cazeneuve.

Especialistas atuam nas negociações com os suspeitos em busca da libertação do refém.

Todos os acessos a cidade foram bloqueados, enquanto policiais se dirigem para o local.

Pela manhã, as forças de ordem perseguiram os dois suspeitos do atentado de quarta-feira, e foi registrado um tiroteio em uma estrada a nordeste da capital, segundo fontes policiais. Os tiros ocorreram em uma área a cerca de meia hora de carro do local onde eram procurados na quinta-feira, segundo as fontes. Não há informações confirmadas sobre vítimas.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame