MENU

Mundo

Nos Eua, dezenas de pessoas são presas em ato contra violência policial

Durante o fim de semana foram organizadas passeatas comícios, vigílias e aulas em Ferguson e St. Louis

Fonte: Terra.comAtualizado: terça-feira, 14 de outubro de 2014 14:02
Ativista é derrubado durante confusão com a polícia em um protesto em Ferguson, no Estado do Missouri, EUA. 13/10/2014.
Ativista é derrubado durante confusão com a polícia em um protesto em Ferguson, no Estado do Missouri, EUA. 13/10/2014.

Mais de 50 pessoas foram presas em uma série de passeatas pacíficas na região de St. Louis na segunda-feira, organizadas para chamar a atenção sobre a violência policial, mais de dois meses depois de um policial branco ter matado um adolescente negro desarmado em um subúrbio local.

Dezenas de manifestantes --incluindo muitos ativistas provenientes de outras cidades-- foram presos sob uma forte chuva em atos de desobediência civil em Ferguson, subúrbio onde Michael Brown, de 18 anos, foi morto a tiros.

Ao longo do dia, grupos diferentes ocuparam a prefeitura de St. Louis, fecharam duas lojas da rede Walmart, fizeram manifestações em frente ao comitê de um político local e ergueram faixas em meio a um jogo de futebol americano em que se liam "black lives matters"("vidas de negros importam").

Uma pessoa foi presa na prefeitura de St. Louis, disse a polícia, e uma testemunha da Reuters viu três outras pessoas sendo detidas enquanto 150 manifestantes faziam um protesto em frente a uma loja Walmart no pequeno subúrbio de Maplewood.

"Este é um dia histórico", disse Mervyn Marcano, porta-voz para o "Outubro Ferguson", quatro dias de protestos que culminaram no que os organizadores chamaram "Segunda-feira da Moral"

Durante o fim de semana foram organizadas passeatas comícios, vigílias e aulas em Ferguson e St. Louis, eventos transmitidos ao vivo pela Internet para comprovar a não ocorrência de atos violentos e saques.

Encharcados pela forte chuva, manifestantes cantavam hinos pró direitos civis e se ajoelhavam sobre o asfalto molhado diante de uma fileira de policiais em Ferguson. Em uma manifestação cuidadosamente coreografada, os ativistas avançaram lentamente contra a formação policial, forçando os policiais a detê-los.

Siga-nos

Mais do Guiame