São Paulo quer titulo, na despedida de Lucas.

São Paulo quer titulo, na despedida de Lucas.

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:09

Nesta quarta-feira, contra o Tigre, o time brasileiro precisa conquistar uma vitória simples para levantar a taça no Morumbi

Sem comemorar um título desde o Campeonato Brasileiro de 2008, o São Paulo entra em campo nesta quarta-feira para encerrar o incomodo jejum. Pela final da Copa Sul-Americana, os comandados de Ney Franco enfrentam o Tigre, às 21h50 (horário de Brasília), no Estádio do Morumbi. Negociado com o Paris Saint-Germain, o meia-atacante Lucas vai disputar a última partida pelo São Paulo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Após empatar por 0 a 0 em La Bombonera, na semana passada, o time brasileiro joga por uma vitória simples para levantar o troféu. Em caso de empate por qualquer placar, a partida será decidida na prorrogação.

"Temos de tomar cuidado. O Tigre é uma equipe perigosa, muito alta, forte na bola aérea, que chega junto. Em competições sul-americanas, o juiz deixa o jogo correr. Também vão entrar para ganhar. A final será decidida nos detalhes. Quem errar menos vai sair com o título", comentou Lucas.

Confira as fotos da primeira partida entre Tigre e São Paulo:

Cortez toca de lado e avança para o ataque

Foto: AFP

Toloi cai ao lado de argentino na Bombonera

Toloi cai ao lado de argentino na Bombonera

Foto: AFP

Welington toca na frente e passa pela marcação argentina na final

Welington toca na frente e passa pela marcação argentina na final

Foto: AP

Pressionado por zagueiro argentino, Lucas tenta chute no primeiro tempo

Pressionado por zagueiro argentino, Lucas tenta chute no primeiro tempo

Foto: AFP

Luis Fabiano sai do campo após ser expulso

Luis Fabiano sai do campo após ser expulso

Foto: AP

Luis Fabiano leva a camisa à boca ao lamentar expulsão

Luis Fabiano leva a camisa à boca ao lamentar expulsão

Foto: AFP

Luis Fabiano recebe cartão vermelho na La Bombonera

Luis Fabiano recebe cartão vermelho na La Bombonera

Foto: Reuters

Osvaldo protege a bola e sofre a marcação de argentino

Osvaldo protege a bola e sofre a marcação de argentino

Foto: AP

Paulo Miranda busca sair da marcação de argentino do Tigre

Paulo Miranda busca sair da marcação de argentino do Tigre

Foto: AP

Ney Franco observa a partida de ida da final da Sul-Americana

Ney Franco observa a partida de ida da final da Sul-Americana

Foto: AFP

Luis Fabiano mata bola no peito no início do jogo

Luis Fabiano mata bola no peito no início do jogo

Foto: Reuters

Torcida são-paulina compareceu à La Bombonera

Torcida são-paulina compareceu à La Bombonera

Foto: AFP

 

Sem contar com Luis Fabiano, que foi expulso no primeiro tempo do jogo disputado na Argentina, Ney Franco resolveu apostar em Willian José. Assim como Lucas, ele se despede do clube do Morumbi nesta temporada. A diferença é que a diretoria não teve interesse em renovar o contrato do atacante.

Veja também: Por show da Madonna, São Paulo impede Tigre de reconhecer o Morumbi

“O Willian é nosso artilheiro na competição (com três gols), está emocionalmente preparado, querendo jogar. Espero que não só ele como todos os jogadores possam ter uma noite feliz, bem tecnicamente, para conseguir o título. Ele está se mostrando muito confiante e preparado para o jogo", disse Ney Franco.

No time argentino, que abusou de catimba e das jogadas violentas em Buenos Aires, também haverá uma mudança na escalação. O zagueiro Godoy vai entrar na vaga de Donatti, expulso na confusão com Luis Fabiano.

E mais: Mesmo jogando em casa, São Paulo nega favoritismo na final da Sul-Americana

"Esperamos chegar forte novamente na grande final, porque é o nosso estilo de jogo. Luis Fabiano dentro de campo é um grande personagem. É bom para nós que ele não jogue. Mas nós perdemos na bola parada, que é um dos principais recursos do time", analisou Donatti.

FICHA TÉCNICASÃO PAULO X TIGRE-ARG

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 12 de dezembro de 2012, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Enrique Osses (CHI)
Assistentes: Francisco Mondría (CHI) e Carlos Astroza (CHI)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Lucas, Osvaldo e Willian José
Técnico: Ney Franco

TIGRE: Albil; Paparatto, Echeverría, Godoy e Orban; Galmarini, Díaz, Ferreira e Leone; Botta e Maggiolo
Técnico: Néstor Gorosito

Siga-nos

Mais do Guiame