Ronaldinho brilha, Atlético-MG vence mais uma e dispara na ponta do Grupo 3

Atlético-MG vence mais uma e dispara na ponta do Grupo 3

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:08

ATLÉTICO-MG X  THE STRONGEST-BOLRonaldinho Gaúcho dá assistência para Jô marcar, faz o segundo do Atlético-MG e se destacou na vitória do time mineiro sobre o Strongest

O Atlético-MG encontrou dificuldades para superar a marcação dos bolivianos do The Strongest, mas conseguiu fazer o dever de casa e venceu por 2 a 1, nesta quinta-feira, em jogo realizado no estádio Independência. Com o triunfo, o time mineiro disparou na liderança do Grupo 3 da Libertadores com nove pontos, contra quatro do vice-líder São Paulo.

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo centroavante Jô, que mostrou oportunismo para aparecer por trás da zaga do The Strongest e completar para as redes. Ronaldinho ampliou em cobrança de pênalti. Os visitantes ainda descontaram com Melgar no final do jogo. Apesar do placar não ter sido dilatado, o Atlético-MG dominou inteiramente a partida, sendo ameaçado somente em lances de contra-ataques.

Na sequência da Libertadores o Atlético-MG voltará a atuar contra os bolivianos do The Strongest, em partida marcada para a próxima quarta-feira. O detalhe é que o mando de campo será invertido, e o Galo terá que encarar a altitude de La Paz. O clube mineiro conseguiu adiamento do jogo contra o América-TO pelo Mineiro, que seria realizado no domingo, para priorizar a Libertadores.

O jogoO Atlético-MG iniciou a partida promovendo uma verdadeira blitz contra os bolivianos do The Strongest. Impondo a condição de mandante, o Galo logo assumiu as rédeas do jogo, com maior posse de bola e tentando a todo o momento encontrar espaços na fechada defesa adversária. Os zagueiros Réver e Leonardo Silva apareceram bem no campo de ataque.

A estratégia inicial da equipe mineira de abrir o placar nos primeiros minutos não funcionou, com isso, o Atlético-MG passou a trocar passes no campo de defesa, forçando os bolivianos a adiantar a marcação. Aos 16, os atleticanos conseguiram excelente trama ofensiva, que terminou com assistência de Ronaldinho para Tardelli, que finalizou com a canhota para ótima defesa do goleiro Vaca.

No minuto seguinte, R10 apareceu novamente deixando Jô com liberdade para abrir o placar no Independência, mas o avante parou em mais uma defesa de Vaca. Aos 20, o The Strongest encaixou um contra-ataque nas costas de Marcos Rocha, mas Pablo Escobar desperdiçou chance clara de marcar para os visitantes.

Aos 29, Bernard apareceu bem no jogo para limpar a marcação e tentar arremate da entrada da área, o goleiro boliviano fez a defesa, mas não segurou firme, no rebote, Jô não conseguiu completar para as redes. Melhor no jogo, o Galo só foi ameaçado em alguns contra-ataques, mas não correu muitos riscos durante toda a partida.

O panorama do jogo na etapa complementar, não mudou em relação aos 45 minutos iniciais, ou seja, o Atlético-MG pressionado em busca do gol, com o The Strongest criando algumas oportunidades em jogadas de contra-ataque. Apoiado pela torcida, Ronaldinho quase marcou em cobrança de falta com enorme perigo.

Bem marcado, R10 tentou se deslocar para os lados do campo para abrir espaços para os companheiros, mas o time atleticano aproveitou com pouca eficiência está opção. Aos dez minutos, Tardelli conseguiu chegar à linha de fundo e cruzou com perfeição para Bernard, que acertou a trave de Vaca.

De tanto insistir, o Galo conseguiu vazar a defesa boliviana com o avante Jô, que mostrou oportunismo para aparecer por trás da zaga do The Strongest e completar para as redes, enlouquecendo a torcida alvinegra nas arquibancadas do Independência. Com a abertura do marcador, o jogo ficou mais aberto já que os visitantes passaram a arriscar mais ofensivamente.

Aos 26, Ronaldinho acertou um lançamento cinematográfico para Marcos Rocha, que foi derrubado dentro da área, o árbitro uruguaio Daniel Fedorczuk não titubeou e marcou pênalti. Na cobrança, R10 acertou o canto direito de Vaca, que pulou para o lado certo, mas não conseguiu chegar na bola, explodindo em alegria o alçapão do Horto.

Com o aumento da vantagem, o Atlético-MG diminuiu o ritmo, mas continuou com o domínio do jogo, e ainda criou mais algumas chances para transformar a vitória em goleada. Nos minutos finais do jogo, o The Strongest conseguiu o gol de honra com Melgar, que havia acabado de entrar e mostrou estrela para diminuir o prejuízo.

FICHA TÉCNICA ATLÉTICO-MG 2 X 1 THE STRONGEST-BOL

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 07 de março de 2013, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Assistentes: Maurício Espinosa (URU) e Gabriel Popovits (URU)
Cartões amarelos: Leonardo Silva (Atlético-MG); Soliz, Torrico e Veizaga (The Strongest-BOL)
Gols: ATLÉTICO-MG: Jô, aos 11 e Ronaldinho, aos 28 minutos do segundo tempo; THE STRONGEST-BOL: Melgar, aos 45 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Júnior César; Pierre (Gilberto Silva), Leandro Donizete, Bernard (Richarlyson) e Ronaldinho; Diego Tardelli e Jô (Alecsandro)
Técnico: Cuca

THE STRONGEST-BOL: Vaca; Bejarano, Mendez, Barrera e Torrico; Veizaga, Soliz, Chumacero e Cristaldo (Ramallo); Pablo Escobar e Reina (Melgar)
Técnico: Eduardo Villegas


Continue lendo...

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame