Primeiro treino no Japão tem boas vindas de mais de 50torcedores "virados"

Primeiro treino no Japão tem boas vindas de mais de 50torcedores "virados"

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:09

Bruno Winckler

O Corinthians foi a campo pela primeira vez nesta sexta-feira em território japonês. No Wave Stadium, um complexo esportivo na cidade de Kariya, próxima a Nagoya, os jogadores foram recebidos por cerca de 50 torcedores que penaram para assistir à atividade. Um esforço ainda maior para alguns que deixaram um turno de trabalho de 12 horas para assistir o Corinthians.

Distantes do campo onde os jogadores treinavam, um grupo de 15 torcedores reclamava da falta de carinho dos jogadores com eles. Gritavam, se esgoelavam, e nada de acenos ou aproximação. “Não viemos roubar ninguém se é disso que eles têm medo. Todos aqui trabalham. Muitos mais de 12 horas. Não precisamos roubar. Todo mundo já tem um iPhone”, disse André Luiz Oliveira, paulista de Andradina, e morador do Japão há 16 anos.

Do lado oposto do grupo onde estava André, membros da Gaviões da Fiel levantaram uma das suas faixas para saudar os jogadores. A administração do estádio também deu as boas vindas com uma mensagem em inglês no placar eletrônico do estádio, normalmente usado para jogos de rúgbi.

O treino terminou e não havia sinalização de que os jogadores pudessem chegar perto dos torcedores. O lateral-esquerdo Fábio Santos, depois do treino, ainda no campo, disse que tentaria saudá-los na saída para o ônibus. E foi assim que aconteceu. Mais organizada que a chegada do time ao hotel de Nagoya, na quinta-feira, foi criada uma área para os jogadores atenderem os fãs.

“Pô, era o mínimo que podiam fazer. Todo mundo aqui trabalha e faz de tudo para acompanhar o Corinthians. É um sonho estar aqui e ver o Corinthians no Japão. É algo que não tem como explicar. Principalmente para um corintiano que mora aqui há anos”, disse Rogério Miciano, paulistano que está no Japão há 15 anos e desde então não via seu time de coração de tão perto.

“Pode ir se preparando. Toyota vai ser a Arena Corinthians. Só vai ter corintiano”, disse Rogério sobre suas expectativas para a estreia do time, dia 12, contra Al Ahly ou Sanfrecce Hiroshima. Pelas demonstrações dos torcedores corintianos com menos de 24 horas de estadia do elenco no Japão, não dá para duvidar da previsão.

<div class="\&quot;menuEdicao" ui-corner-all\"="">

Continue lendo...

 

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame