O Corinthians tem pressa para se garantir na segunda fase da Taça Libertadores

O Corinthians tem pressa para se garantir na segunda fase da Taça Libertadores

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:08

 

timão libertadores
O Corinthians tem pressa para se garantir na segunda fase da Taça Libertadores, e por isso pensa em atacar o Millonarios nesta quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), em Bogotá, pela quinta rodada o Grupo 5 da competição. Em situação relativamente confortável na chave, o Timão quer aproveitar o “desespero” dos colombianos para aproveitar contra-ataques e, com um setor ofensivo mais leve, conseguir a vitória fora de casa.
 
Sem Guerrero e Renato Augusto, machucados, o Corinthians vai para o confronto com Danilo, Romarinho, Emerson Sheik e Alexandre Pato no comando do ataque. Uma formação mais dinâmica, mas sem o mesmo entrosamento da anterior. A missão é buscar esse melhor rendimento dentro da partida. Com sete pontos, o Timão se garante na próxima fase se conseguir um resultado melhor do que o San José, que recebe o Tijuana também nesta quarta.
O Corinthians tem sete pontos, contra quatro dos bolivianos e apenas três do Millonarios, lanterna do grupo. A equipe treinada por Hernán Torres avisou que vai ao ataque. A vitória é o único resultado que mantém os colombianos com chances de classificação. Nem mesmo o fato de enfrentar o atual campeão do mundo faz o Millonarios temer por uma postura ofensiva.
 
Descrente, a torcida fez pouco barulho nos dias que antecederam o duelo. Mesmo assim, uma das “barras” do Millonarios promete exibir nesta quarta-feira o maior bandeirão do mundo, que ocuparia boa parte das arquibancadas do El Campín – as imagens são guardadas para não “estragar a surpresa”. O clima é de decisão na capital colombiana.
 
As escalações
Millonarios: sem problemas com lesões ou suspensões, Hernán Torres escala o que tem de melhor para o confronto. O time deve iniciar com Luis Delgado, Lewis Ochoa, Román Torres, Pedro Franco e Luis Mosquera; Rafael Robayo, Elkin Blanco,Yhonny Ramirez e Mayer Candelo; Fredy Montero e Wason Rentería.
Corinthians: o técnico Tite não tem surpresas em relação ao time que venceu o São Paulo no último domingo. A única mudança será no comando do ataque, onde Alexandre Pato vai ocupar a vaga de Paolo Guerrero. O peruano sentiu dores na coxa direita e nem viajou com o elenco à Colômbia. O time: Cássio, Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Romarinho, Danilo e Emerson Sheik; Alexandre Pato.
 
Quem está fora
Millonarios: a equipe colombiana não tem desfalques para o duelo.
Corinthians: Guerrero, com dores na coxa direita, Renato Augusto, com uma lesão mais grave na coxa, Igor, que sofreu um trauma no joelho, e Douglas, ainda em fase de preparação física após se recuperar de problema muscular.
 
Fique de Olho
Millonarios: o zagueiro Román Torres é o grande líder da defesa dos donos da casa. O panamenho fez uma temporada tão boa em 2012 que chamou a atenção de clubes de outros países – caso do Palmeiras, que quase fechou com o defensor. Nesta quarta, sua missão será ingrata. Marcar nada menos que Alexandre Pato.
Corinthians: principal contratação para a temporada e autor do gol da vitória no clássico contra o São Paulo, Pato será a esperança corintiana na Colômbia. Sem o artilheiro Guerrero, cabe a ele fazer os gols que podem classificar a equipe de forma antecipada para a segunda fase da Libertadores.
 
O que eles disseram
Hernán Torres, técnico do Millonarios: “Enquanto houver vida, temos que lutar. Estamos em casa e vamos enfrentar um grande rival, mas nos preparamos para qualquer dificuldade que eles possam apresentar”.
Tite, técnico do Corinthians: "A classificação antecipada é importante, sabemos disso. Temos dois aspectos: um é buscar a classificação, e outro é buscar uma posição melhor nesses dois jogos e tentar trazer as decisões do mata-mata para nossa casa".
 
Números e curiosidades
* O duelo desta quarta-feira será o segundo entre Corinthians e Millonarios na história da Taça Libertadores. As duas equipes, porém, se enfrentaram outras três vezes. Em 28 de fevereiro de 1954, os colombianos venceram por 1 a 0, em partida válida por um torneio internacional na Colômbia. Um mês depois, em Bogotá, as equipes disputaram um amistoso e ficaram no 3 a 3. Em 20 de janeiro de 1963, outro amistoso, em Bogotá, vencido pelo time colombiano: 4 a 2.
* O Corinthians disputa a Libertadores pela 11ª vez e pela primeira participa da competição continental em quatro anos consecutivos. Em suas três últimas participações, o Corinthians foi eliminado por Flamengo, nas oitavas de final de 2010, e pelo Tolima, da Colômbia, na fase preliminar de 2011. No ano passado, foi campeão continental pela primeira vez.
* O Millonarios participa pela 15ª vez da competição continental. Em 1960, 73 e 74, alcançou a fase de semifinal. Em 1989 e 1995, a equipe colombiana foi eliminada nas quartas de final e em sua última participação, em 1997, foi eliminada pelo Peñarol nas oitavas.
 
Último Confronto
Corinthians e Millonarios jogaram no dia 27 de fevereiro, no Pacaembu vazio - o Timão foi punido pela morte de Kevin Espada, torcedor do San José, durante jogo na Bolívia, e teve de jogar com portões fechados. Após o clima "estranho" no início, a equipe do Parque São Jorge logo entrou no clima do jogo e fez 2 a 0, gols de Pato e Guerrero, sem muita dificuldade.
 
Siga-nos

Mais do Guiame